Páginas


"Ultrapassa-te a ti mesmo a cada dia, a cada instante. Não por vaidade, mas para corresponderes à obrigação sagrada de contribuir sempre mais e sempre melhor, para a construção do Mundo. Mais importante que escutar as palavras é adivinhar as angústias, sondar o mistério, escutar o silêncio. Feliz de quem entende que é preciso mudar muito para ser sempre o mesmo".

Dom Helder Câmara


domingo, 30 de abril de 2017

070 - Preciosidades antigas de Várzea-Alegre - Por Antônio Morais.

A esposa Bezinha, Prof. Walquirio e o Secretario de Estado da Educação de Sergipe.

23/07/08.

Faleceu nesta manhã em Aracaju, aos 84 anos de idade o Professor Raimundo Walquírio Correia Lima. Perde a Associação Desportiva Confiança, um dos maiores presidentes da sua história, responsável pela conquista do bi-campeonato sergipano 1962/1963 como também pela estupenda participação do clube proletário nas V e VI Taças Brasil.

Professor Walquirio escolheu Sergipe desde 1948, quando aqui chegou do Ceará e ao lado de sua querida esposa Bezinha, fundaram o Colégio Dom José Tomás, homenageando o primeiro Bispo de Aracaju, Dom José Tomás Gomes da Silva. Pelo modelar Estabelecimento de Ensino, passaram sergipanos ilustres que militam em diversas atividades da vida em Sergipe.

Funcionário do extinto INPS ( Instituto Nacional de Previdência Social), Professor Walquírio plantou em nosso Estado a semente do profissionalismo em Relações Públicas , e também, em Comunicação Social. Sergipe chora a perda do sergipano-cearense de Várzea-Alegre Walquírio Correia Lima, exemplo de seriedade, honradez, e competência.

Foto de 2003, o Secretário de Estado da Educação ao lado do casal Prof. Walqurío e Dona Bezinha, visitando o Colégio Dom José Tomás.

Comentário do Blog:

Tenho feito alguns questionamento quanto ao reconhecimento do povo de Várzea-Alegre a seus filhos ilustres. Walquirio foi um homem que militou nas áreas da comunicação, educação e politica de nossa terra. Pouco encontramos na historia a respeito deste bem feitor, foi preciso que Sergipe fizesse o seu reconhecimento. Várzea-Alegre está se tornando a cidade do presente, pouco interessa a sua historia e a memoria de seu passado. Isso não é bom.

3 comentários:

  1. Dedico esta postagem aos familiares do Prof. Walquirio Correia Lima e para aqueles que em epocas dificeis receberam deste benfeitor as primeiras aulas, os primeiros passos para um futuro melhor. Prof. Walquirio, como diz o texto deixou Varzea-Alegre em 1948, dois anos depois eu nasci, portanto não tive a honra de conhecer o Jornalista, comunicador, professor e politico, pois chegou a compor a camara de vereadores de Varzea-Alegre por varios mandatos. Salve o professor Walquirio, Salve Varzea-Alegre e sua historia.

    ResponderExcluir
  2. amigo Antonio Morais,quero saber quem são da família do Professor Walquirio para falar aos meus pais quem é ele,agradeço,Valdoester Leandro.

    ResponderExcluir
  3. Walquirio era da família Correia Lima. Militou em Várzea-Alegre nas áreas de politica como vereador, educação como professor, comunicação como jornalista e locutor da amplificadora local. Esquecido na sua terra e laureado em Sergipe onde fundou Colégio e criou faculdade. Um varzealegrense de renome nacional.

    ResponderExcluir