Páginas


"Ultrapassa-te a ti mesmo a cada dia, a cada instante. Não por vaidade, mas para corresponderes à obrigação sagrada de contribuir sempre mais e sempre melhor, para a construção do Mundo. Mais importante que escutar as palavras é adivinhar as angústias, sondar o mistério, escutar o silêncio. Feliz de quem entende que é preciso mudar muito para ser sempre o mesmo".

Dom Helder Câmara


sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Os três últimos desejos de ALEXANDRE, O GRANDE.

Os três últimos desejos de Alexandre, o grande:

01 - Que seu caixão fosse transportado pelas mãos dos médicos da época.

02 - Que fosse espalhado no caminho até seu túmulo os seus tesouros conquistado como prata , ouro, e pedras preciosas .

03 - Que suas duas mãos fossem deixadas balançando no ar, fora do caixão, à vista de todos.

Um dos seus generais, admirado com esses desejos insólitos, perguntou a Alexandre quais as razões desses pedidos e ele explicou:

01 - Quero que os mais iminentes médicos carreguem meu caixão para mostrar que eles não têm poder de cura perante a morte.

02 - Quero que o chão seja coberto pelos meus tesouros para que as pessoas possam ver que os bens materiais aqui conquistados, aqui permanecem.

03 - Quero que minhas mãos balancem ao vento para que as pessoas possam ver que de mãos vazias viemos e de mãos vazias partimos.

Pense nisso....

3 comentários:

  1. “A sabedoria é um carro sem freio que sobe a rua, cujo combustível é a humildade".

    ResponderExcluir
  2. Como seria bom se:
    a) Lula & sua troupe tivessem conhecimento disso;
    b) Fossem ( e não são) sábios para entender a lição.

    ResponderExcluir
  3. Prezado Armando : A història é a verdade que fica : "Alexandre, o grande". "Lula o grande ladrão".

    ResponderExcluir