Páginas


"Ultrapassa-te a ti mesmo a cada dia, a cada instante. Não por vaidade, mas para corresponderes à obrigação sagrada de contribuir sempre mais e sempre melhor, para a construção do Mundo. Mais importante que escutar as palavras é adivinhar as angústias, sondar o mistério, escutar o silêncio. Feliz de quem entende que é preciso mudar muito para ser sempre o mesmo".

Dom Helder Câmara


segunda-feira, 20 de maio de 2019

111 - O Crato de Antigamente - Blog do Antônio Morais.

Esse bairrismo entre Crato e Juazeiro vem de longe. Por ocasião da criação do Aeroporto Regional do Cariri, Crato e Barbalho se uniram em defesa da construção do Aeroporto na faixa de terra denominada Santa Rosa, situada, precisamente, na divisa dos municípios.

Em decorrência da impossibilidade da instalação do Aeroporto no local pretendido por essas comunidades, surgiu a alternativa de se fazer na Serra do Araripe ou em qualquer outro lugar, menos em Juazeiro.

Diante do impasse, o Ministério da Aeronáutica designou uma comissão chefiada por um militar graduado, para verificar "in loco", a melhor situação geográfica. Chegando a Serra do Araripe, a comissão optou por Juazeiro.

Antes do retorno da comitiva, o Brigadeiro, chefe da Comissão, sentindo necessidade de urinar, afastou-se um pouco, e adentrou a mata. Nessa ocasião, Jenário Oliveira, juazeirense de fibra, convenientemente, aproximou-se do Brigadeiro para colocar mais uma inconveniência na preferência dos cratenses, advertindo-lhe: Brigadeiro, o Senhor não se afaste muito, não! Por aqui, está cheio de onças!

Não foram as onças que levaram o Aeroporto para Juazeiro, foi a falta de poder político das lideranças do Crato que se apequenam a cada dia que passa.


500 - Preciosidades antigas de Várzea-Alegre - Por Antônio Morais.


 Prefeito Pedro Sátiro, Deputado Estadual Antônio Diniz e o governador Virgílio Távora.
Em 1972 Várzea-Alegre saía de um acordo de lideranças onde se elegeram Antônio Afonso Diniz e Carlos Reni Correia, prefeito e vice respectivamente.
Votei pela primeira vez num pleito muito concorrido entre Lourival Frutuoso de Oliveira e Hamilton Correia Lima. Votei para o Lourival que se elegeu prefeito com uma diferença de aproximadamente 800 votos.  
Daquela eleição até a última votei sempre em quem venceu a eleição. Os votos perdidos foram aqueles que o candidato não correspondeu ao esperado, nunca no pleito.
Desde Lourival Frutuoso sou um observador exímio da politica local. Já vi de tudo. Os políticos é que não aprendem nunca com os exemplos. Uns tentam, fazer a sua imagem destruindo a do adversário, nada  mais  desprezível. Outros se cercam de bajuladores, puxa-saco, esse tipo de gente que não ajuda, não dá noticia ruim, só as boas.
Em 1996, o candidato que tinha o apoio do prefeito, Deputado Estadual, Deputado Federal, Senador e Governador perdeu para um desconhecido do meio politico. Vi um bajulador chegar para o candidato que apresentava 60% na preferência do eleitorado e dizer de peito cheio :  Na comunidade do Rubão tem 26 votos, 22 votam para o senhor. O bajulador esqueceu de informar que no Baldinho de Chico Leandro tinha 60 votos e 55 votavam contra. Deu no que deu, o imaginário aconteceu.
Para o próximo pleito um conselho de amigo para os neófitos. Vocês tem muito o que aprender. Cada eleição tem sua história, nenhuma se assemelha a outra. Nem sempre o que decide uma é o fator de decisão da outra. 
Não sairei mais de minha casa para votar em quem quer que seja. Desde o Lourival até hoje são todos bem assemelhados. Ninguém reza na estrada.

STF nos custa uma baba… - Por José Newmanne Pinto.


No meio de uma crise em que 12 milhões e 400 mil brasileiros estão desempregados sem terem de onde tirar o sustento mínimo de sua família, o STF resolveu gastar 29 milhões e meio de reais: 17 para reformar o prédio onde funciona a TV Justiça, 6 milhões e meio para restaurar esquadrias das fachadas de sua sede, 2 milhões e 800 mil para comprar 14 carros para 11 ministros (conta estranha, não é?) e mais 3 milhões e 300 mil para trocar telefones, pagar bebidas e comidas finas, trocar o carpete do gabinete do presidente por piso frio e até instalar chuveiro. 

Esta é mais uma amostra de descaramento e descaso dos “supremos” magistrados.

Direto ao Assunto - José Newmmanne Pinto.


Rodriguinho tenta tapear todo mundo.

Rodrigo Maia disse nos EUA que está se desdobrando para aprovar a Reforma da Previdência, cujo texto preparado pela equipe do governo federal sob a supervisão de Paulo Guedes e coordenação de Rogério Marinho, passou pela CCJ e agora está para ser votado no plenário da Câmara. que ele preside. 

Mentira!  ele está mesmo é nos bastidores da conspiração para que a própria Câmara apresente um projeto alternativo, com a cumplicidade do presidente da comissão, Marcelo Ramos. Ou seja, quer empurrar com a barriga a votação do primeiro e importante passo a ser dado para destravar a economia e, como objetivo final, reduzir o desemprego. 

É um jogo sujo. E Bolsonaro não podia ter sancionado o projeto de lei da Câmara que perdoa dívidas de multas dos partidos numa anistia que acontece de 14 em 14 meses desde 1995. Na minha opinião, ele tinha de ter vetado.


Fim do ano sabático de Dirceu.

Terminou o ano sabático de campanha eleitoral, praia, sol e sunga, que o trio Toffoli, Gilmar e Lewandowski deu a José Dirceu, condenado em dois processos a 39 anos e 7 meses de cadeia e que participou ativamente da campanha derrotada de Lula, vulgo Haddad, na eleição de outubro passado. 

Ele, que seria perdoado pelo ministro do STF Barroso, por indulto de Dilma e perdão dos “supremos”, continuou roubando e lavando dinheiro cumprindo pena pelo mensalão na Papuda. 

E agora vai para a cadeia completar o trio Parada Dura do PT na cela com Palocci e o ex-chefe dos dois, Lula.

domingo, 19 de maio de 2019

LUMINOSA ESCURIDÃO - Por Edmilson Alves, amante de Filosofia, Literatura e Língua Pessoa.



A luminosa escuridão é a juventude que ficou pra trás, com encantos, desencantos vividos em tempos remotos.
Juro que continuo satisfeito, mas, ser jovem com responsabilidade, é mais prazeroso do que viver a terceira idade pensando na finitude. 
Eu sempre me senti satisfeito, vivendo a vida do meu jeito, mas, é inegável que a satisfação de ser jovem, vivendo com responsabilidade, é luminosa satisfação, que encobre as nuvens de qualquer escuridão.
Obscuramente satisfeito, agente vive a terceira idade caso haja desperdiçado o tempo, a saúde enquanto era jovem insatisfeito.
Na minha vivida com amorfa ignorância, quase tudo era incolor, mantendo neutralidade na política e nos problemas sociais. 
Trabalhava dia e noite, possuía pouco, mas, queria tudo do todo que o futuro me aguardava.


Consegui quase tudo, tudo que desejava, possuindo uma família muito bem sedimentada, possuindo uma profissão muito bem equilibrada.
Mas, a principal potência dormira ao logo de minha vida até que acordei com vontade de rever, o que já aprendera, reciclado o saber, aprendo a viver. 
O longo sono da minha inexperiência, cônscio que poderia aprender, estudara filosofia, estudei literatura e comecei a escrever textos comparados a Goethe, Fernando Pessoa que entendem de poesia, entendem de reflexões pra sair da escuridão.
Entre a potencialidade das minhas aspirações, consegui realizações que outrora fora uma luminosa escuridão.
Estudei e ralei doze horas por dia, domingo a domingo, pra despertar as profundezas do meu ser e reabilitar a luminosa luz, saindo da escuridão que cercava o meu mundo, cercava o meu coração inibindo até uma grande paixão.
Quando descobri o amor, senti um estranho querer, aprendendo com amor, que pra se obter a amante, é necessário saber querer.
Das minhas rotineiras satisfações, há uma luz ignota que ilumina as trevas da escuridão, ilumina minha alma, adorando sentir o sol, sentindo o seu calor, igual ao corpo da amante quando nos quer amar.

088 - O crato de antigamento - Blog do Antonio Morais.


Mestre Eloi Teles. Tricas e futricas da politica e a lei do Chico de Brito.

Do lado do Acióli
Era intendente no Crato
Coronel Antônio Luiz
Com todo seu aparato
A política era um engodo
E passava o tempo todo
Como o cachorro e gato.

Mas o tempo foi passando
E o governo ia mal
Aí o povo elegeu
Num pleito limpo e legal
Coronel Franco Rabelo
Sem, trama, roubo ou apelo
Ao Governo Estadual.

Coronel Franco Rabelo
Procurou os seus amigos
Que lutaram do seu lado
Mesmo enfrentando perigo
Assim tinha que escolher
E levar para o poder
Quem sempre esteve consigo.

Para prefeito do Crato
Que se chamava intendente
Ele escolheu um amigo
Chefe político de frente
Coronel Francisco Brito
Na coragem era um mito
Tido como homem valente

Decidiu a tomar posse
Queira ou não queira o prefeito
Se o Rabelo indicou
Assumir era o direito
Tem que ser na força bruta
Mesmo que haja disputa
Vamos assumir no peito

Chegando à prefeitura
A porta estava fechada
O coronel deu a ordem
Não tem conversa fiada
Mostrando ser cabra macho
Botaram a porta abaixo
Nesta cidade do Crato

Doutor Irineu Pinheiro
Sobrinho de Antônio Luiz
Revoltado perguntou
Que lei é essa? Me diz
E o prefeito dando um grito
É a lei de Chico de Brito
Essa lei que eu mesmo fiz.

092 - O Crato de Antigamente - Antônio Morais.


Humilde de origem, pois filho de um modesto ferroviário da extinta Rede de Viação Cearense, Monsenhor Pedro Rocha de Oliveira ocupa lugar na história da Diocese de Crato, como um dos seus mais valorosos sacerdotes. Um homem vocacionado por Deus para a missão de educar e servir aos semelhantes.

Foi ordenado presbítero com 23 anos e seis meses de idade. Viveu apenas 57 anos, 34 dos quais exercendo um profícuo ministério sacerdotal. Tão logo foi ordenado sacerdote, Monsenhor Rocha passou a lecionar no Seminário São José, o que fez por seis anos, findos os quais assumiu o cargo de reitor dessa instituição, ali permanecendo por mais 15 anos. Mas suas atividades não se limitavam só a isso.

Foi, por 24 anos, Provedor do Hospital São Francisco de Assis, sendo que, nos últimos 12 anos de sua vida, residiu no próprio hospital. Por essa atividade ficou conhecido como “O Apóstolo da Caridade”. Simultaneamente, foi jornalista e diretor do jornal “A Ação”, órgão oficial da Diocese de Crato; orientador espiritual da Liga Feminina da Ação Católica; radialista, produtor e apresentador do programa “Consultório da Família”, levado ao ar pelas emissoras de rádio da cidade de Crato; Diretor Diocesano da Obra de Vocações Sacerdotais, entidade responsável pelo financiamento dos estudos de muitos sacerdotes. Sem falar que sempre foi muito requisitado para pregar retiros espirituais.

Um dos maiores oradores sacros do Sul do Ceará, Monsenhor Rocha era um líder entre seus colegas de sacerdócio. A muitos desses seus irmãos de ministério amparou, na velhice, dando, assim, o testemunho de um coração misericordioso e solidário. Vários dos pavilhões existentes no Hospital São Francisco foram por ele construídos. Possuía um espírito prático, sendo reconhecido como administrador competente e criterioso.

Certa feita, recebeu uma verba da entidade católica alemã Miserior, destinada à reforma e melhoramentos no Hospital São Francisco. Ao término das obras e como sobrara certa importância do dinheiro recebido, devolveu à instituição doadora essa sobra. Dos alemães, que vieram fiscalizar a construção, ficou este testemunho:
Trata-se de caso único, na história da Miserior.

Monsenhor Murilo de Sá Barreto assim se referiu a Monsenhor Rocha, seu antigo mestre:
“Era um Reitor amigo, educador coerente, conselheiro paciente, conferencista polivalente, iniciador da Ação Católica nesta diocese, acolhedor dos pobres e dos simples, tanto no Seminário como no Hospital, tanto no confessionário como nas conversas informais de orientação”.

Sobre Monsenhor Pedro Rocha de Oliveira assim escreveu Monsenhor Montenegro, no livro O Apóstolo da Caridade:
“Monsenhor Rocha era um homem simples, modesto, Sacerdote modelo. Um Santo. Simples como Deus o fez, e a vida não conseguiu jamais desfazer. Era um mesmo para todos. E, no entanto, cada um o sentia como se fosse diferente para cada um. O segredo daquele imenso afeto que todos lhe dedicaram, o segredo do prestígio incomparável que adquiriu, em toda a sua vida, estava em ter vivido não para si, mas para os outros, em Deus e por Deus, no próximo, como um Santo Sacerdote, filho dessa Igreja que ele amava apaixonadamente, até o seu último alento”.

(*) Armando Lopes Rafael é historiador.

sábado, 18 de maio de 2019

091 - O Crato de Antigamente - Antônio Morais.

Cheguei ao Crato em Março de 1969. Encontrei um Crato altivo, soberano, altaneiro. Crato cidade da cultura e princesa do cariri.

As associações de classes e os clubes de serviços capitaneados pelo presidente da Associação Comercial do Crato Thomaz Osterne de Alencar faziam a defesa dos maiores interesses do município.

A classe política, prefeito, Deputado Estadual, Deputado Federal e Senador se irmanavam na cobrança junto ao Governo Estadual e federal.

O tempo foi passando, o contingente eleitoral foi aumentando, as lideranças políticas se apequenando, e, de quase duas décadas para cá não contamos com representação Estadual e Federal.

Nesses últimos anos o que mais se viu foi choradeira e reclamação contra o poder Estadual. Dizem que não prestigia a cidade, que desvia obras e até que retira as já existentes para os municípios vizinhos. Estamos vivendo o imaginário.

As entidades de classes fazendo abaixo assinado contra uma ideia do Governo de fortalecer a Urca dotando-a de condições necessárias para atender as demandas, ocupando o espaço onde hoje está o já superado "Parque de Exposições".

Propõe também o projeto que se construa um novo parque mais espaçoso e adequado a atualidade da era moderna, com investimentos de 25 milhões de reais. Como o povo não quer não mando: falou seco o Governador, ontem para um repórter já aborrecido com razão.

O Parque pertence ao Estado. O Governo pode fazer dele o que bem entender. Alguém já esqueceu que há anos o Governador Beni Veras veio fazer a abertura da exposição e o prefeito do Crato Walter Peixoto foi impedido de adentrar no Parque pela Policia?

Só fazendo depois de encerrada a solenidade e que o Governador se retirou do local? Os políticos vizinhos estão rindo com a tolice dos cratenses. Devem está loucos que o empreendimento não vingue. E, certamente se oferecendo para que o levem para a sua terra.

Lembrem-se senhores bairristas: A Urca é o maior empreendimento do Crato e os Campus de Iguatu e Juazeiro já superam o contingente do Campus do Pimenta em Crato.

É por essa razão que nas eleições estaduais acontece o estouro da boiada.

CBN - Por Merval Pereira.

Bolsonaro entendeu que ataque a estudantes só faz aumentar clima bélico.

Ele então resolveu partir para o ataque ao PT. Isso é uma manobra do presidente para politizar a questão e tirar dos estudantes a carga toda que ele colocou, como, por exemplo, ao chamá-los de 'idiotas úteis'.

'Rodrigo Maia é muito sagaz na política do Congresso'.

Merval Pereira destaca que Rodrigo Maia está nos Estados Unidos falando com investidores. 

‘Ele sabe que se o Congresso não aprovar uma reforma da Previdência boa, que permita uma melhora na economia, vai ser acusado por Bolsonaro de estar agindo por interesse subalterno'. 

Segundo Merval, Bolsonaro quer explicitar que o Congresso só funciona na base do ‘toma lá, dá cá’

‘Tsunami é pegar o filho em atividades ilícitas’.

Merval Pereira fala sobre o ‘tsunami’ anunciado pelo presidente para esta semana. ‘Se ficar evidenciado que houve algum tipo de tramoia no gabinete de Flávio Bolsonaro isso vai transbordar para a família toda. 

Está evidente que a família trabalha em conjunto’. Merval acrescentou que ‘o desdobramento da investigação pode chegar até o presidente, no seu gabinete deputado federal’. O que é assustador é que tanto o presidente quanto os filhos adoram espalhar boatos e criam um clima de insegurança terrível.

DIRCEU TEVE DE SE EXPLICAR À FILHA DE OITO ANOS - Claudio Humberto.


O ex-ministro José Dirceu tomou a estrada às 3h da madrugada de sexta (17) para chegar a Curitiba até as 16h, a tempo de se entregar para cumprir pena de 8 anos e 10 meses de prisão. 

Mas, antes de partir, o sempre glacial líder do PT viveu uma situação extrema: ele se derramou tentando explicar a Maria Antonia, sua filha de 8 anos e seu xodó, por que teria de viajar de repente e ficar longa temporada fora.

Ele está condenado, em segunda instância, a 30 anos pelos roubos na Petrobras e a 8 anos e 10 meses por mais propinas também na estatal.

“Se Paulo Guedes sai, desaba tudo, acaba o país” - O Antagonista.

O líder do DEM, Elmar Nascimento, disse a Josias de Souza que o Coaf tem de ser transferido para o Ministério da Economia:

“A nossa posição foi reforçada na hora em que o presidente Bolsonaro anunciou que tem a intenção de indicar Sérgio Moro para a primeira vaga no Supremo, que vai se abrir em um ano e meio. 

E se o presidente resolve nomear para o Ministério da Justiça um olavete desses que existem por aí? 

Estariam os dados sigilosos no Coaf nas mãos de um radical fanático. Achei que é melhor deixar na Economia, com o Paulo Guedes.”

Josias de Souza argumentou que Paulo Guedes também pode deixar o governo. Elmar Nascimento respondeu:

“Não creio nisso. Se Paulo Guedes e a equipe dele saem, desaba tudo, acaba o país. Hoje, há até uma espécie de blindagem da classe política em relação a ele. 

Achamos que o Coaf está muito mais seguro ali.”
  

sexta-feira, 17 de maio de 2019

Santos Cruz terá poder total sobre nomeações de ministérios - Por Cristian Derosa



O decreto que muda as atribuições do Ministro da Secretaria Geral do Governo, general Santos Cruz, torna-o responsável por avaliar indicações para postos de 2º e 3º escalão, reitores de instituições federais de ensino e para funções no exterior. Além disso, dá ao general poder para vetar nomeações de qualquer ministério.

A parte mais polêmica do decreto está no artigo 22, que concede ao ministro um poder discricionário total. Santos Cruz terá a atribuição de solicitar à Casa Civil informações específicas sobre funcionários e “verificação de vida pregressa de pessoas cogitadas para cargos e funções no âmbito do Poder Executivo federal”.

Há alguns meses, o governo criou um sistema eletrônico chamado de Banco de talentos, cujo objetivo é relacionar e fornecer nomes para indicações e nomeações. O ministro Santos Cruz terá poder total de veto e nomeação neste sistema para qualquer ministério do governo, um grande poder nas mãos de um único homem.

O decreto surge em meio a protestos contra Santos Cruz nas redes sociais e o Presidente não mostrou-se tão sensível às pressões das redes como em outras vezes. Publicado no Diário Oficial da União nesta quarta-feira (15), o decreto passa a valer a partir de 25 de junho.

Deficiências - Mário Quintana.


Deficiente - É aquele que não consegue modificar a sua vida, aceitando as imposições de outras pessoas ou da sociedade em que vive, sem ter consciência de que é dono do seu destino.

Louco - É quem não procura ser feliz com o que possui.

Cego - É aquele que não vê seu próximo morrer de frio, de fome, de miséria, e só tem os olhos para seus míseros problemas e pequenas dores.

Surdo - É aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um amigo, ou um apelo de um irmão. Pois está sempre apressado para o trabalho e quer garantir seus tostões no fim do mês.

Mudo - É aquele que não consegue falar o que sente e se esconde por trás da mascara da hipocrisia.

Paralítico - É quem não consegue andar na direção daqueles que precisam de sua ajuda.

Diabético - É quem não consegue ser doce.

Anão - É quem não sabe deixar o amor crescer. E, finalmente, a pior das deficiências, é ser miserável, pois: miseráveis - são todos que não conseguem falar com Deus.

A amizade é um amor que nunca morre.

Mário Quintana.

495 - Preciosidades antigas de Várzea-Alegre - Por Antônio Morais.


Não conheci na vida ninguém mais bem humorado do que o meu amigo, parente e camarada Alexandre Bezerra da Costa,  o nosso saudoso Xandoca filho de Raimundo Teté  do sitio Serrote em Várzea-Alegre.

Certa vez, sua irmã Isabel, a conhecida Bezinha fez uma consulta e o médico recomendou procurar encontrar um pouco mais de peso visto que estava muito abaixo de sua altura.

Xandoca então recomendou : Bezinha, a estrada está cheia de "Muier" fazenda caminhada para  perder peso, segue os passos delas que pode ser que elas percam peso e você ache.


A INTELIGÊNCIA FAZ A DIFERENÇA - Poe Wilton Bezerra, comentarista esportivo.



Se antigamente a riqueza era medida pela quantidade de ouro ou prata estocados, hoje, se tem a certeza de que só prepondera, mesmo, a inteligência.
Ela faz os negócios prosperarem. Daí, não se entender como o futebol brasileiro ser gerido com a insanidade, quase que generalizada, quando se trata de calendário esportivo.
Mais ainda, quando se sabe que o mais popular esporte do mundo é negócio gerador de cifras bilionárias.
A massacrante programação de jogos é um processo de desumanização do jogador e interfere na qualidade do espetáculo.
Como conseqüência, o pragmatismo do negócio vira um vicio e torna o futebol brasileiro refém da bola parada e do contra-ataque. Horrorosa redução de nossas diversas potencialidades .
Enquanto isso, os poderosos clubes, que não sabem se empoderar. Acomodados, eternizam o “velho poder” de federações e CBF.
As pernas pesam e os jogadores penam.

Uma palavra amiga - Postagem do Antônio Morais


Qual é o seu ideal de vida? Quem são seus ídolos? A pessoa vive conforme a sua crença. Deixe de ser macaquinho e de viver conforme tal artista ou tal fulano! Tenha pelo menos um pouco de senso critico.

Não permita que façam sua cabeça. Ninguém vai assumir seus atos. É você que responderá por eles.

A fé e o ideal hão de ser sempre as mais poderosas alavancas do progresso e da felicidade de toda pessoa humana. Ou como ensina outro pensamento: "O desgosto da vida outra coisa não é senão uma imensa necessidade de Deus".

Padre Juca.

BONAT MANDA PRENDER DIRCEU - O Antagonista.


O juiz Luiz Antônio Bonat, da 13ª Vara Federal no Paraná, acaba de expedir o mandado de prisão de José Dirceu.

Bonat concedeu ao ex-ministro a chance de se entregar à Polícia Federal em Curitiba até as 16h desta sexta-feira.

Mais cedo, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região, que julga os processos da Lava Jato em segunda instância, confirmou a condenação do ex-ministro a 8 anos e 10 meses.

quinta-feira, 16 de maio de 2019

Onde anda o decoro parlamentar? - Por Antônio Morais.



Todo homem ou mulher, sobretudo o público, tem de ter caráter, moral, dignidade, decência, deve buscar o bem comum, o bem social, o bem estar de todos. Deve ser exemplo de retidão. Não é o que vemos. 

O que esperar de um Legislativo lotado de corruptos? Onde buscam fazer normas para proteger seus crimes contra os brasileiros? 

Até quando a Câmara Federal vai tolerá comportamento do tipo Maria do Rosário? Quando vai usar a falta de decoro para punir com a perca do mandato? Uma deselegante, grosseira e desequilibrada? 

Nunca se viu baixaria tamanha no parlamento.

APRENDI - Postagem do Antônio Morais

APRENDI :

01 - Que a melhor sala de aula do mundo está aos pés de uma pessoa mais velha.

02 - Que eu sempre posso rezar por alguém quando não posso ajudá-lo de alguma forma.

03 - Que não importa quanta seriedade a vida exija de você, cada um de nós precisa de um amigo brincalhão para se divertir juntos.

04 - Que as oportunidades nunca são perdidas, alguém vai aproveitar as que você perdeu.

05 - Que o sorriso é a maneira mais barata de melhorar sua aparência.

Shakespeare.




“Bolsonaro entrou numa briga de boteco sujo” - Por José Newmanne Pinto.


José Nêumanne, no Estadão, lembra que há quatro meses e meio, Jair Bolsonaro é presidente de todos os brasileiros, eleito, diplomado e empossado legitimamente como tal e tem todas as prerrogativas e deveres do cargo.

“Não pode, pois, continuar agindo como se ainda estivesse no palanque falando para seus prosélitos e criticando seus adversários. 

Ao definir os manifestantes dos protestos contra cortes na educação como ‘idiotas úteis’, ‘massa de manobra’ e ‘militantes’, entrou numa briga de boteco sujo, quando deveria cumprir sua missão de tirar o Brasil da tremenda crise em que foi afundado por PT, cúmplices e falsos adversários deste bando de meliantes que já estão fora do poder.”

DELAÇÃO COMPLICA PROJETO PRESIDENCIAL DE MAIA - Por Claudio Humberto.


A delação de Henrique Constantino, chefão da empresa aérea GOL, pode complicar o projeto do deputado Rodrigo Maia, que ele próprio havia confirmado a esta coluna, de disputar a presidência da República em 2022. 

Também atrapalha o governador de São Paulo, João Dória, outro pretendente ao cargo, em razão do envolvimento do ex-ministro Bruno Araújo, por ele escolhido para o cargo de presidente do PSDB.

Rodrigo Maia disse que será candidato a presidente em qualquer quadro, “para ganhar ou para perder”, como enfatizou.

Constantino implica Rodrigo Maia no recebimento de propinas. O presidente da Câmara nega e diz que nem conhece o homem da GOL.

Ciro chama Lula de “enganador profissional” e “defunto eleitoral” - Por o Antagonista.


Ciro Gomes, entrevistado por Marcelo Tas, na TV Cultura, disse:

“Eu conheço o Lula. Ele é um encantador de serpentes, um enganador profissional. Não tem um companheiro com quem ele não tenha sido desleal ao longo da vida inteira, ele cultiva isso.”

Ele disse também:

“No PT, todo mundo sabe que do ponto de vista eleitoral o Lula é carta fora do baralho. Como manejar este defunto eleitoral é muito delicado para todos eles. Ele está inelegível até fazer 90 anos.”

quarta-feira, 15 de maio de 2019

A Rede Globo e as manifestações - Por Antônio Morais.



Durante todo o dia de hoje, a cada 5 minutos a Rede Globo fazia uma inserção para mostrar as manifestações contra os contingenciamento da educação. 

Em nenhum momento  mostrou quanto foi cortados das publicidades do governo na empresa, razão do esperneio em favor o setor em movimento. 

Se continuasse recebendo como antes  não teria dado essa publicidade todo. 

Você duvida?

Na BAND - Postagem do Antônio Morais.



No Jornal da Band começa uma série legal para quem dormiu 16 anos. Vai mostrar as obras largadas no país pelo PT.

No momento em que o ex-presidente Temer,  réu em diversos processo, denunciado  por corrupção por mais de 40 anos, é solto pelo STJ e sai na surdina sem protesto algum que o perturbe a paz, o PT, o Centrão e os esquerdistas fazem um manifestação contra um contingenciamento forçado cuja causa nada mais foi que a ladroagem, corrupção e desvios  de recursos públicos.

Os iguais se atraem, o Temer sempre foi um aliado dessa gente. 

493 - Preciosidades antigas de Várzea-Alegre - Por Antônio Morais.



Da esquerda para direita : Raimundo Alexandre de Moura, Raimundo Bitu de Brito, José André, Padre Manuel Alves Feitosa, Perboário e  Antônio Moura.

Na década de 80 do século passado, mais precisamente em 1983, o meu pai José André  estava residindo  na Fazenda Cacimbinhas no município de Assaré. 

No dia 29 de Abril daquele ano ele resolveu comemorar seu aniversario. Entre os  principais convidados estava São Raimundo Nonato, aquela pequena imagem  centenária foi levada pelo Dr. Pedro Sátiro.

A missa foi concelebrada por três padres : Várzea-Alegre - José Mota Mendes, Assaré - Manuel Alves Feitosa e Campos Sales - José Ferreira Nobre.  Estavam presentes vários amigos além da Banda de Musica de Várzea-Alegre e do conjunto de Pedro Sousa.

Esse preâmbulo se faz necessário para se ter uma ideia do quanto José André era católico  e amigo  dos padres. A amizade era recíproca. Era costume  recebê-los por dois ou mais dias na fazenda para o repouso e descanso essenciais a vida espiritual.

Na Exposição do Crato daquele ano eu adquiri um "touro nelore PO" e mandei  para fazenda. Fiquei o restante da semana  na expectativa que chegasse o sábado para ir vê-lo no meio do rebanho.

Quando cheguei, antes de tomar a benção, o meu pai foi dizendo : Leve o touro de volta, ele não dá certo aqui. Tentei argumentar, em vão,  porque o velho estava decidido. 

Então eu  disse : papai, a coisa mais bonito que eu já vi em minha vida foi um bezerro filho desse touro na "Exposição do Crato".

Ele respondeu, pausadamente, de forma quase teatral : E a coisa mais feia que eu já vi foi um padre só de cueca correndo na frente e esse touro atras paga num pega.

Só não sei dizer qual dos padres estava na fazenda comendo queijo de manteiga no café da manhã e almoçando baião de dois com sarapatel, buchada e carneiro assado no almoço.

O touro voltou para o Crato no mesmo dia.

Postagem dedicado ao amigo, parente e camarada Lázaro Pinho, amigo  do velho José André e que estava presente e é testemunha do  fato.

CULTO AO RESULTADO - Por Wilton Bezerra, comentarista esportivo.


Uma forma prá lá de simplista para explicar o que se pretende num jogo de futebol: tentar fazer gols e não levá-los.
É só isso mesmo? Claro que não.
O futebol envolve mais coisas do que imagina a nossa vã filosofia.
Infelizmente, na pátria cabralina, por necessidade de sobrevivência, quem influi no pedaço futebolístico resolveu inverter as coisas: procurar não levar gols e, depois, pensar em fazê-los.
Por conta disso, foi um tal de “fechar a casinha” que parecia não ter fim.
Agora, nota-se um movimento no sentido de fazer retornar um jogo mais ofensivo e interessante de se ver.
Conclusão clara de que “quem só se protege demais é escravo de si mesmo”. Não parece, mas a frase é nossa.
Numa direção contrária, vem a praga do resultadissimo.
Se a vitória não acontece, nada mais valeu a pena.
Ressuscita-se, com uma força destruidora, uma frase de estourar os tímpanos: “Jogar mal e vencer, é assim no futebol”.
Apesar da cegueira dessa gente, esperemos que Ceará e Fortaleza continuem a propor o jogo, mesmo que os primeiros resultados não tenham sido favoráveis.
Jogar bem e perder pode ser inútil, até certo ponto. Jogar feio e ganhar, não tem a menor graça.
Eu sei que a beleza tem suas fragilidades.

terça-feira, 14 de maio de 2019

Noticias Antagonista - Por o Antagonista.


DONO DA GOL CONFIRMA PROPINA A FILHO DE LULA.

O empresário Henrique Constantino, dono da Gol, confirmou em sua delação – homologada pela Justiça Federal – ter pago propina a Luís Cláudio Lula da Silva, o Luleco, por meio de patrocínio à liga de futebol americano.
A transação, segundo Constantino, foi intermediada pelo deputado federal Vicente Cândido (PT).


Rodrigo Maia na delação do dono da Gol.

Henrique Constantino, dono da Gol, disse em sua delação ter pago propina a Rodrigo Maia por meio da Abear (Associação Brasileira de Empresas Aéreas).
A informação está no anexo 7 do acordo de colaboração premiada. Além de Maia, também são citados como beneficiários Romero Jucá, Vicente Cândido, Ciro Nogueira, além de Marco Maia, Edinho Araújo, Otávio Leite, Bruno Araújo e outros.

O “benefício financeiro”, segundo ele, teria relação com a aprovação da abertura do capital das companhias aéreas a estrangeiros.

492 - Preciosidades antigas de Várzea-Alegre - Por Antônio Morais.


Quando Jorge W. Bush visitou o Brasil foi difícil, quase impossível fazer a medição e avaliar qual dos dois presidentes era o mais arrogante e prepotente. Bush ou Lula.

Os dois se igualhavam na vaidade e no orgulho, no "contar vantagens e cagar goma". Na despedida rabisquei estas sextilhas bem humoradas, atribuindo ao dialogo final da visita do americano ao Brasil :

Lula.
Bush veio ao Brasil,
Para ver se aprendia:
Nem canta como cantava,
Nem sabe como sabia....
Perdeu todo seu requinte
Adeus, "insigne partinte".

Bush.
Lula, tua aresia
Deixou-me mal satisfeito:
Sei mais do que já sabia,
Tenho mais força no peito,
Deixas de ser tão pedante:
Adeus, "insigne ficante".



Supremo adia pela 5ª vez julgamento de denúncia contra quadrilhão do PP - Por o Antagonista.



Há mais de um mês, o Supremo vem adiando a decisão que poderá tornar réus por organização criminosa os deputados Aguinaldo Ribeiro, Arthur Lira e Eduardo da Fonte e o senador Ciro Nogueira, todos do PP.

O julgamento foi marcado inicialmente para o dia 9 de abril e já foi remarcado quatro vezes. Na última sexta, o relator, Edson Fachin, adiou novamente: passou de amanhã, dia 14, para 21 de maio.

Atendeu a pedido de Ciro Nogueira e, no despacho, sequer expôs o motivo do novo adiamento.

491 - Preciosidades antigas de Várzea-Alegre - Por Antônio Morais.


Esta foto de José André, meu pai foi colhida na alpendrada da casa da Fazenda Cacimbinha no Assaré. Bem no momento em que eu chegava e retirava do carro umas barras de sal para o gado lamber. 

Ele não se moveu, e, com sua  prodigiosa  sabedoria apenas levantou a cabeça e pronunciou a mais expressiva frase que ouvir na vida : 

"Meu filho traga um residin". Sabedoria antiga, quem já viu sal engordar gado? 

Na verdade, nunca se viu nutriente melhor para o gado do que "resido" alimento derivado do caroço de algodão. 

segunda-feira, 13 de maio de 2019

O golpe sujo dos bandidos do Centrão - Por José Newmanne Pinto.


A troika do Centrão que está dando o golpe sujo dos bandidos para exterminar as operações de combate à corrupção – Rodrigo Maia, Paulinho da Força e Waldemar Costa Neto – emite sinais de que pretende reverter a MP sindical para devolver os trabalhadores brasileiros à escravidão da contribuição social obrigatória. 

E se refestelam no tsunami anunciado por Bolsonaro, a sessão em que o governo federal refundará dois ministérios e será forçado a devolver o Coaf para o Ministério da Economia e a Funai para a Justiça ou a MP da reforma administrativa caducará, voltando ao governo Temer, que, aliás está preso.

Em nenhum governo anterior houve uma sequência tão grande de derrotas das operações de combate à corrupção para suspeitos, acusados e condenados como nos quatro meses e quase meio da atual administração. 

Apesar de ter feito campanha eleitoral usando um discurso de apoio à Lava Jato, o presidente Bolsonaro até agora tem falhado na articulação parlamentar onde parlamentares assustados ganham sempre, às vezes com ajuda da omissão de membros da cúpula federal, como o líder Coelho e o chefe da Casa Civil Ônyx.

490 - Preciosidades antigas de Várzea-Alegre - Por Antônio Morais.


Tropeirismo, a saga  de Antônio Gonçalo de Sousa - Por Antônio Morais.

A mais completa obra literária que conheço sobre o tema "tropeirismo" foi escrita pelo jovem escritor, memorialista e historiador de Várzea-Alegre Antônio Gonçalo de Sousa. 

Obra de leitura prazerosa e aprazível, amparada no conhecimento de dois grandes executores da atividade, o pai Mundim e o avô Antônio de Gonçalo.

Antônio de Gonçalo era um homem grande e um grande homem. Um homem grande no tamanho, no físico avantajado e, um grande homem nas virtudes, nas atitudes. 

Certa feita,  de passagem pela cidade de Campos Sales, levou uma chuva e molhou as vestes. Onde se arranchou as colocou para secar num varal.

Um dos filhos do casal, de passagem pelo Crato viu no "Parque Municipal" um elefante e chegou contando a novidade, admirando-se do tamanho do animal.  

Um dos irmãos observando o tamanho da cueca de seu Antônio estendida mostrou para outro dizendo: José, olha aí a cueca do elefante que você viu no Crato. Antônio de Gonçalo que observava de longe sem ser visto, contou a proza para o meu pai.

Seu Antônio era um homem sábio, inteligente, levava de Várzea-Alegre produtos de couro : Arreios, selas, coranas para vender em Campos Sales, e, de volta trazia goma, farinha e outros produtos de difícil aquisição em Várzea-Alegre.

As famílias de Antônio de Gonçalo e José André do Sanharol eram muito amigas qualidades que passaram de pai para filhos.


BOLSONARO DEIXOU NA MÃO ALIADOS DE PRIMEIRA HORA - Cláudio Humberto.


Apesar da formação militar, o presidente Jair Bolsonaro ignora a máxima de que “as guerras vêm e vão, mas os soldados são eternos.” “Soldados” na campanha vitoriosa de 2018, que também ajudaram no governo de transição, agora estão magoados com o capitão. 

Muitos nem sequer foram convidados para o governo e outros, aproveitados, acabaram dispensados por “neo-bolsonaristas”. Na área de educação, inúmeros especialistas ligados à campanha foram depois “limados”.

Primeiro apoiador enxotado do convívio com Bolsonaro após a vitória, o ex-senador Magno Malta até hoje não sabe ao certo o que aconteceu.

O general Marco Aurélio Vieira, secretário nacional de Esportes, foi “rifado” do ministério do neo-bolsonarista Osmar Terra, "Cidades".

A primeira mulher militar a se engajar na campanha, coronel Márcia Amarillo, também foi alijada do projeto de "Escolas Cívicas".

domingo, 12 de maio de 2019

Lula fez, finalmente, a autocrítica: Culpa da Dilma - Por Josias de Souza


Foi ao ar na emissora britânica BBC a segunda entrevista concedida por Lula na cadeia. Contém uma grande novidade. O presidiário petista fez, finalmente, uma autocrítica. Ainda não enxerga um culpado no espelho. Mas lamenta "não ter sido mais incisivo" com Dilma Rousseff em relação às derrapagens do governo dela.

Eis o que declarou Lula a certa altura: "Uma pessoa cheia de confiança como a Dilma, na hora que o carro começa derrapar nem sempre tem a tranquilidade de parar e falar: peraí, vamos parar, vamos ouvir, vamos conversar". O comentário realça duas qualidades do entrevistado. Uma é conhecida: a maleabilidade. A outra, insuspeitada: a modéstia.

Lula é reverenciado no PT por sua fidelidade ao partido e aos companheiros. Na entrevista, mostrou-se maleável o bastante para demonstrar que a lealdade, como a honestidade, é uma virtude facilmente contornável.

Se perguntarem a qualquer petista quais são as três lideranças mais importantes do PT, a resposta será fulminante: Lula, Lula e Lula. A despeito de não encontrar uma alma capaz de lhe fazer sombra no petismo, o preso foi modesto o suficiente para exagerar no poder atribuído à sua criatura.

No tempo em que o PT ainda tentava fazer sentido, as coisas pareciam mais nítidas. Nessa época, Lula era Deus e Dilma era parte de sua criação. Hoje, a nitidez perdeu a função. Nada é o que parece. Se deixarem, Lula termina virando uma espécie de sub-Dilma.

Por sorte, os fatos tornaram-se tão notórios que impedem o cinismo. Quaquer brasileiro de colo sabe que parte do desgaste moral da gestão de Dilma foi herdado de Lula. O mensalão e as petrorroubalheias nasceram nos mandatos dele. No início de sua primeira gestão, Dilma ensaiou uma pose de faxineira. Foi rapidamente enquadrada por Lula. Onde já se viu afastar aliados dos ministérios por algo tão banal quanto o desvio de verbas públicas?

Lula é responsável também pela corrosão técnica da administração Dilma, pois foi ele quem criou a fantasia de que madame era uma gerentona infalível. Em quatro anos de inépcia, a criatura colocou o país no rumo do brejo. Reeleita com o apoio do criador, consolidou a ruína. Feita por Lula, Dilma desfez o que restou da obra do seu benfeitor.

Dilma era mesmo "cheia de confiança". Foi Lula quem inflou o seu ego. O carro realmente "derrapou". Culpa de Lula, que entregou o volante a condutora precária. Dilma, de fato, não era de muita conversa. Sorte do Brasil, pois Lula insistia para que ela se entendesse com Eduardo Cunha. O que teria prolongado o assalto.

Não é que Lula não consiga identificar os problemas. A questão é que ele só enxerga culpados dentro de sapatos alheios. A culpa pelo erros do verão passado é de Dilma. A responsabilidade pelos equívocos do presente é de Jair Bolsonaro, "um doente que acha que o problema do Brasil se resolve com armas." Não há dúvida de que o capitão põe o seu governo a perder. Mas ele está no poder há quatro meses.

A sorte de Lula é sua barba. Se tivesse que se barbear todas as manhãs, o presidiário do PT precisaria cumprir um ritual para se certificar de que ainda existe, pois não faria sentido escanhoar o rosto de um fantasma. Se fosse obrigado a encarar diariamente o espelho, Lula teria de recitar o CPF e o RG para ter certeza de que continua sendo ele mesmo, não o impostor que se esconde atrás do cinismo.

DEPÓSITO MENEZES - Várzea-Alegre - Ceará.


Depósito Menezes. Rua Duque de Caxias número 68 - Várzea-Alegre - Ceará. Telefone (88)35412749. Organização Dr. Eldinho e Marilena.

Pronto para lhe atender bem.


Produtos em geral.


Compromisso e respeito com o cliente. Qualidade e garantia.



Facilidade na sua compra.



Venham conhecer e comprovem.

Visite e conheça em Várzea-Alegre.


TABERNA DA PIZZA - FORNO A LENHA!

Importou-se  maquinas, equipamentos, conhecimentos e estudos da culinária. Tudo foi preparado com esmero, lhaneza no trato e muito respeito a você consumidor. Um produto da mais fina qualidade e especial paladar.

Clínica São Raimundo - Cuidando da Saúde de Várzea-Alegre !


O Blog do Crato ( E agora o Blog do Antônio Morais) tem o prazer de fazer a publicidade da Clínica São Raimundo, da cidade de Várzea Alegre - CE, que acredita no nosso trabalho como meio de buscar a integração regional. A Clínica São Raimundo é uma empresa conceituada. Comandada pelos renomados médico Dr. Menezes Filho e Fisioterapeuta Dra. Ana Micaely de Morais Meneses. Especializada em pediatria, ultrassonografia, fisioterapia geral e especializada ( RPG , neurológica e  uroginecológica) .

Eis algumas fotos da nossa empresa/parceira que fazemos questão de divulgar:

Acima: A Logomarca oficial da Clínica São Raimundo, em Várzea Alegre.



Acima: O Médico, Dr. Menezes Filho em atividade.



Acima: Dra. Ana Micaely de Morais Menezes



Cuidando de seus pacientes com carinho e dedicação...




Clinica São Raimundo.
Rua Dep. Luis Otacilio Correia 129 Centro Várzea-Alegre Ce. Fone (088) 3541-1467.
Especialidade em Pediatria , ultrassonografia , fisioterapia geral e especializada( RPG , neurológica e uroginecológica).

"Cuidando com carinho da saúde do povo de Várzea Alegre !"

Anuncie no Blog do Crato.
Contatos:
blogdocrato@hotmail.com
Tel: 088-3523-2272

TSE proíbe político de usar fundo partidário para pagar advogado - O Antagonista.



O TSE proibiu o uso de dinheiro público do fundo partidário para a contratação de advogados que defendem filiados investigados.

O objetivo é impedir que verbas públicas sejam direcionadas para a defesa de políticos corruptos na mira da Lava Jato.