Páginas


"Ultrapassa-te a ti mesmo a cada dia, a cada instante. Não por vaidade, mas para corresponderes à obrigação sagrada de contribuir sempre mais e sempre melhor, para a construção do Mundo. Mais importante que escutar as palavras é adivinhar as angústias, sondar o mistério, escutar o silêncio. Feliz de quem entende que é preciso mudar muito para ser sempre o mesmo".

Dom Helder Câmara


terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Eis a razão - Por Antônio Morais


José Valdevino de Brito que se vivo fosse estaria completando 101 anos.

Eis a razão.

Quando sou forçado a criticar o atual governo pela  mentira, enganação, ladroagem e corrupção, a única razão que me leva a assim proceder é a certeza que é possível fazer politica com caráter, decência, lealdade e honestidade. 

José Valdevino de Brito, se vivo fosse estaria fazendo 101 anos. Durante o tempo que viveu foi exemplo em todos os segmentos da vida, especialmente no meio politico. Depois da morte sua trajetória  de vida  continua viva a serve de leme para quem  queira ser premiado com decência e honradez.

Do respeitável clã dos Valdevino de Brito, Ponta da Serra, meu parente, amigo e camarada, José Valdevino de Brito, homem educado, prestimoso, personalidade forte, serio sem ser sisudo, brandura franciscana, porém, forte e decidido em suas ações.

Criatura das mais inteligentes e de bem-querencia que conheci, madeira pra toda obra, puro jacarandá da Bahia, exemplar pai de família, deu aos filhos a mais primorosa educação, exemplo vivo que era de sua decência.

Um comentário:

  1. Os politicos atuais deviam ler um pouco sobre seus antecessores, assim talvez seguissem os bons exemplos encontrados nas leituras.

    ResponderExcluir