Páginas


"Ultrapassa-te a ti mesmo a cada dia, a cada instante. Não por vaidade, mas para corresponderes à obrigação sagrada de contribuir sempre mais e sempre melhor, para a construção do Mundo. Mais importante que escutar as palavras é adivinhar as angústias, sondar o mistério, escutar o silêncio. Feliz de quem entende que é preciso mudar muito para ser sempre o mesmo".

Dom Helder Câmara


quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

COISA DE DOIDO - Por Wilton Bezerra, Comentarista generalista ·


O governo de Bolsonaro é, sem dúvidas, muito esquisito no que está arranjando para esse país. É preciso investigar o que esse pessoal anda bebendo.
Compreende-se que promessa de campanha é fogo, tudo bem. Mas, confesso, nunca levei muito à sério o rosário de ações prometidas
Para começo de assunto, essa história de acabar com o socialismo e outras cores, é uma incoerência descomunal porque imita o “nós contra eles” do PT.
E olha que isso foi bandeira de campanha.
Riscar do mapa quem pensa diferente não tem nada a ver com democracia.
E esses ministros, hein ? Depois das apresentações da dupla Damares & Ernesto, Onix Lorenzoni parece que exagerou na dose de “rabo de galo”, uma mistura de cachaça com Cinzano.
Essa de comparar o perigo de um revólver em casa e os cuidados com as crianças e um liquidificador, foi além da conta.
Daqui a pouco, acabam determinando a retirada dos armadores nas residências, para evitar a queda de rede. Fala sério !
Começo de governo é uma festa. Sustenta-se que qualquer festa sem uma boa dose de loucura não existe.
Coisa de doido!

quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

Moro expulsa 11 criminosos estrangeiros - O Antagonista.


Sérgio Moro expulsou do Brasil 11 criminosos estrangeiros.

Terão que deixar o país dois angolanos, dois bolivianos, uma russa, um venezuelano, um colombiano, uma sul-africana, um polonês, um paraguaio e um ganês.

Como diz a Folha de S. Paulo, Sérgio Moro seguiu o decreto que determina a “retirada compulsória do território nacional” do imigrante condenado por alguns tipos de crimes.

Levy vai abrir na internet contratos dos 50 maiores devedores do BNDES - Por Claudio Dantas


Joaquim Levy determinou à área de tecnologia da informação do BNDES que disponibilize na internet todos os contratos de empréstimos dos 50 maiores tomadores de recursos do banco nos últimos 15 anos.

Ele quer que as informações possam ser consultadas facilmente por qualquer pessoa, a partir da próxima sexta-feira.


O fim dos marqueteiros - O Antagonista.



O general Santos Cruz, entrevistado pelo Estadão, disse que o governo não vai ter um marqueteiro:

“Temos que tomar muito cuidado para o marketing de governo não ser uma forma de expansão de ideologia. Sou contra a divulgação de ideologia. 

Acho que, por filosofia, sempre foi assim em governos passados. Sou a favor da informação de qualidade pelo bem público e não pelo projeto de poder. Você deve usar tecnologia e as técnicas de comunicação para divulgar coisas válidas, não seu projeto de poder. 

Esse negócio de marqueteiro assumiu uma conotação tão negativa, parece uma especialidade em você enganar o cara. Uma coisa que era para fazer divulgação faz um marketing para mudar a realidade. Não, você tem que transmitir a realidade para a população.”

382 - Preciosidades antigas de Várzea-Alegre - Por Antônio Morais.


Dr. José Sávio Pinheiro.

Nos tempos de estudante, em Várzea-Alegre, os doutores José Sávio Pinheiro e José Bitu Moreno, colegas de classe no Ginásio São Raimundo, tiveram um arranca rabo daqueles que nem o Secretario de Estado Americano conseguia fazer a reconciliação.


Dr. José Bitu Moreno.

O jeito encontrado foi, imaginem, partir para um duelo. Escolheram o local e marcaram o horário, cada um mais afoito. No horário marcado José Sávio, miudinho, chochinho, decidiu: eu vou é nada, e, lá não foi.

No outro dia, no colégio, antes da aula começar, houve o encontro dos desafiantes. Dr. José Sávio mais do que atrevido falou: e aí cara, passei pra mais de três horas te esperando e você não apareceu para me encarar?

Dr. José Bitu replicou, é isso mesmo, eu achei que devíamos ir a uma outra rodada de negociações, assim talvez encontrássemos uma solução mais adequada para nossa arenga. Dr. José Bitu Moreno  não negou o DNA do avô  José Bitu do Inharé.


As sete pragas do petismo - O Antagonista.


O petista Renato Janine Ribeiro vislumbra o Apocalipse.

Divirta-se com o devaneio do ministro de Dilma Rousseff, publicado pela Folha de S. Paulo: “O governo atual se divide entre a extrema direita e a direita autoritária".

A extrema direita tem os ministérios que tratam de valores (Direitos Humanos, Meio Ambiente, Educação), mais as Relações Exteriores. É o DNA do presidente.

Já a direita autoritária ficou com os superministérios da Economia e da Justiça. O empresariado e parte da imprensa apostam neles, fazendo vista grossa à extrema direita, que gera vergonha fora do país. Seus apoiadores esperam que Paulo Guedes produza crescimento econômico e que Sergio Moro entregue algo que não se sabe o que é, se a redução na corrupção, se a melhora na segurança pública.

Fazia tempo que o Brasil não se encontrava tão perto da entropia: a possibilidade de se inviabilizar. De entrar em colapso, por longos anos ou mesmo para sempre. O mais perto que estivemos disso foi com a hiperinflação, logo antes de 1994.

Os superministérios podem dar certo, ou não. O Judiciário pode até mesmo anular a eleição de 2018: a lei eleitoral fornece pretextos, hoje, para cassar praticamente qualquer eleito. 

Tudo é possível ante a possibilidade da entropia (sinônimo leve: desastre). A única quase-certeza que tenho é que será difícil a extrema direita dar as cartas por muito tempo.”

terça-feira, 15 de janeiro de 2019

Decreto que facilita a aquisição de armas - Por Antonio Morais.



O referendo de 2005, em 95 milhões de eleitores quase 60 milhões impediram que se proibisse o comércio de armas de fogo. Não confundi posse com porte de armas. Posse é o direito de possuir, guardar em casa. Porte o direito de andar com a arma. 

Crime foi o governo contrariar a vontade popular, desarmar os cidadãos sem ter desarmado os bandidos. 

O decreto não obriga ninguém a comprar armas, mas não impede aquele que deseja fazer.

Nosso Judiciário é uma vergonha - Por José Newmanne Pinto.


Ontem comemorei como um gol a prisão do brutal criminoso italiano Cesare Battisti em Santa Cruz de la Sierra. Hoje comemoro a decisão de Evo Morales de expulsá-lo da Bolívia para tornar possível à Itália levá-lo a Roma e instalá-lo numa penitenciária para cumprir a pena que deve pela autoria de dois homicídios e a participação em mais dois. 

Se tivesse passado pelo Brasil, o caso teria sido submetido a uma série de delongas no STF. Dessa forma, o caso teve solução adequada e o mundo tomou conhecimento da vergonha que é a cúpula do Judiciário brasileiro. 

A atuação da PF no episódio também foi um vexame daqueles. 

EITA COISA RUIM - Por Wilton Bezerra, comentarista.


Toda doença é ruim.
Mas, a doença da desilusão é uma doença escrota.
E o que é pior: não tem cura.
Pense num aniquilamento de nossas crenças e a convicção da inutilidade das coisas.
A politica brasileira é o vetor mais poderoso para o desencanto espalhado pelo país.
Esquerda, direita, centro e o cacete.
P.N!
Cretinos que se escondem atrás de falsas ideologias para esconder o lado podre que carregam.
Iguais nas atitudes a dirigentes esportivos.
Quando a torcida de Corinthians perfurou com um sinalizador o crânio de um garoto de 14 anos, Kevin, na conhecida tragédia de Oruro na Bolivia em 2013, o presidente do clube, Mário Gobbi, só teve uma preocupação: impedir que o jogo seguinte fosse realizado de portões fechados como punição da Conmebol.
Isto é, se preocupou apenas com o dinheiro.
Os políticos no Brasil, cada vez mais, só se preocupam com os lucros da próxima eleição.
Em algum momento, imagino que a crônica especializada sente repulsa em meter a mão nessa merda todo dia.
Ossos do oficio.
Impossivel ver televisão e ler jornal sem provocar engulhos.
Quanta desfaçatez.
O pedestal ocupado por essa gente tem um sustentáculo: o voto da população.
O mal da descrença só será mitigado quando tivermos povo e não apenas população decidindo.
Povo mesmo tem noções de cidadania.
Por enquanto é só chorar lágrimas de esguicho no meio fio.

Palhaços e Palhaços - Por Xico Bizerra


Gosto dos palhaços! Dos de verdade, dos patrões da fantasia, não daqueles que praticam palhaçadas tristes e vergonhosas nos planaltos brasileiros nos dia-a-dias de hoje.

Gosto dos palhaços que fazem rir de alegria as crianças e seus avós. E hoje eles são tão poucos, quase não os vemos mais. Não choremos: os palhaços de verdade ficarão para sempre. Os outros, se irão na poeira da vergonha, da hipocrisia. Ficará a alegria dos alegres, daqueles que mesmo desconfiando que enquanto nos fazia rir sua esposa o traía no camarim do mágico.

Mas isso ele resolveria depois. Naqueles momentos, seus olhos pintados, sua bocarra vermelha, sua máscara tinham também o objetivo de ocultar do mundo seu sofrimento, sua dor. Seu ofício, nobre, era nos fazer rir. Ainda hoje gosto dos palhaços. Apenas dos de verdade. Não tolero o Guia Eleitoral.

381 - Preciosidades antigas de Várzea-Alegre - Por Antônio Morais.

Várzea-Alegre - Anos 60 - foto do Raimundo Wilton Bitu Moreno.

Várzea-Alegre anos 90 - foto encomendada pelo prefeito João Alves de Lima, João Francisco.

Observando as duas fotos, se vê o progresso que nossa terra alcançou nestas três décadas. Resultado de administrações progressistas o nosso município se desenvolveu numa proporção assustadora deixando para traz os municípios circunvizinhos. O bom é que nas duas décadas seguintes a cidade teve um impulso desenvolvimentista ainda maior.

Parabéns Várzea-Alegre. Deus abençoe sua gente.


O Antagonista - Noticias.


Os comparsas de Battisti.

Os agentes italianos rastreiam os últimos contatos de Cesare Battisti.
A imprensa cita os nomes de Eduardo Suplicy e Magno de Carvalho, sindicalista da CUT.
O que se sabe é que o terrorista chegou a Santa Cruz de la Sierra em 16 de novembro, mas o sinal de seu telefone celular só foi captado com certeza em 4 de janeiro, delimitando a área em que ele se encontrava.


“A vergonha internacional causada pelo PT”

O Estadão, em editorial, resumiu o sentimento deste site sobre a captura de Cesare Battisti:

“O avião que levou Battisti diretamente da Bolívia para a Itália levou junto a vergonha internacional causada ao País pelo governo do PT – mais uma – e seus prosélitos.

Encerra-se um imbróglio político e judicial que já deveria ter sido resolvido há muito tempo caso as relações internacionais e o respeito aos princípios do Estado Democrático de Direito tivessem prevalecido sobre as paixões ideológicas que animam as hostes petistas.”


A nova TV
Alexandre Garcia está cotado para comandar a EBC, diz o Estadão.

Ele não deve aceitar a tarefa.
De qualquer maneira, o que se espera é que o governo cumpra a promessa de fechar a TV Lula, em vez de transformá-la na TV Bolsonaro.

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

380 - Preciosidades antigas de Várzea-Alegre - Por Antônio Morais.


No tempo do desastre aéreo que vitimou Leila Diniz, a comoção foi geral. A morte prematura da atriz virou manchete de rádio, revista e televisão no mundo inteiro.

Em Várzea Alegre as pessoas também sentiram, pelo trágico acidente. Francisca Farias Mota ( Chica do Rato ) demonstrando um sentimento maior, usava vestido, luvas e véu preto e andava rua acima rua abaixo com uma página da revista Manchete onde tinha a foto da falecida.

Certo dia ela chegou chorando na bodega de Alberto Siebra e pediu para que ele lhe fizesse um grande favor. Alberto perguntou qual era o favor: “Oberto! Já que tu é tão amigo do Pade Mota e inté parece com ele, eu quiria qui tu pidisse a ele, prumode ele celebrar uma missa pra finada Leila, no dia trinta de Abril”.

Alberto notando que Francisca estava mais tam-tam da cabeça do que sentida falou: Dá certo não Chica! O Padre Mota está com a agenda cheia, esse mês de Abril tem muita missa. Porque você não encomenda um terço pra ela na capela de São Vicente?

“Magina tu indoidiceu? A finada merece é uma missa, ela num era muié só prum terço não. E tu conhecia a Leila Chica?  Basta! E, tu não sabia não? Apois nós era  carne e unha. Tu sabia que ela era prima de Raimundo Diniz? Não. Apois era.

Mais ou ome sem sintimento, a prima morreu quando acabar ele tá é passiando nas praias im Fortaleza, diferente deu qui tou todo tempo me alembrando de quando ela vinha pra casa de seu Zizué Diniz, qui eu mais ela ia tumar bãe dibacho das bica de jacaré na calçada da igreja e quando era de noite nós ia jogar xibiu lá na calçada da casa de João Bile”.

MV.


Davos - Postagem do Antonio Morais.


O presidente Jair Bolsonaro irá ao Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suissa dizer ao mundo que o Brasil mudou e agora quer aliança com países civilizados, que fazem a diferença no mundo e não mais com ditaduras socialistas falidas.

Sérgio Moro, acompanhará o presidente e dirá que o combate à corrupção atende a uma questão ética e também econômica : contribui para melhorar o ambiente de negócios no Brasil. 


379 - Preciosidades antigas de Várzea-Alegre - Por Antônio Morais.



A fonte desse causo foi Antônio Ulísses Costa, que já subiu para o andar superior. Pancho era um moreno que morava com Antônio Primo no sítio Baixio.

Um moço muito trabalhador, só perdia uma hora de trabalho se fosse para acompanhar um enterro. Não perdia um, acompanhou até o enterro da gata de Zelim.

Certo dia Pancho sacudia arroz, quando avistou dois homens com uma rede num pau, vindo das bandas do sítio Quechado. Pancho entrou imediatamente, trocou de roupa sem nem tomar banho e acompanhou o funeral.

Chegou para um dos condutores e pediu o lugar para ajudar. O homem aliviado do peso tirou uma garrafa de cachaça do bornal e foi tomando uma bicada de vez em quando. Pancho sentindo o peso, a quentura e o pelo do arroz misturado com o suó , pensava: - Ou defunto pesado da gota! – Ou enterro mal acompanhado.

E o silêncio dos três era total. Com três quilômetros de viajem o homem que bebia passou a cachaça para o outro e pegou o lugar dele. Chegaram em Várzea Alegre e não pararam no cemitério. Pancho estranhou mas pensou que fosse para casa de algum parente para ser velado.

Desceram na antiga rua do Juazeiro e quando chegaram na casa do mestre João Alves, o condutor da frente arreou o pau e Pancho fez a mesma coisa com muito cuidado. Para romper o silêncio, Pancho falou: Ome eu acompanhei esse interro derna o Baxi e inté agora num sei quem foi qui morreu.

Ainda qui má pregunte, quem é o finado? Um dos condutores respondeu: Né finado não Pancho! Isso é a máquina de custura de seu Leandro que deu o prego e nóis truvemo pra rua prumode meste João Alve ajeitar.

MV


FUMAÇA - Wilton Bezerra, Comentarista generalista


Os índios usavam a fumaça para se comunicar. Na política, o uso é diferente. A fumaça é utilizada em forma de cortina, para esconder a verdade ou desviar a atenção do povo dos problemas reais.

Uns tratam o blá blá blá como “fazer espuma”, onde as palavras vão numa direção e os pensamentos para uma posição oposta. Como afirma o filósofo Mossoró: “É muita metáfora”

Enfim, é a mentira como instrumento de trabalho. Quem quiser que abarque o seu otimismo.

Eu continuo invocado com muitas coisas. Não bastassem os Ernestos, Damares e quejandos, estão trazendo, de novo, o Renan para o pódio.

E não falaram que era para “limpar a área” dos que desonram a política ?

Por falar em passar o rodo, tem um outro papo que me torra os neurônios : “Vamos acabar com o socialismo no Brasil” !

Que socialismo? Até onde eu sei, a doutrina socialista trata de defender um ambiente livre da desigualdade. Quando foi que isso aconteceu no Brasil? Desde quando as desigualdades foram preocupações maiores? Estão atirando em fantasmas.

Parece com a justificativa para o golpe de 1964, quando inventaram que existia comunismo no país para tornar inevitável os tempos de trevas.

Os comunistas equivaliam, no espectro político, a um Bonsucesso, time pequeno do futebol carioca.

Não, a razão nunca foi essa. Parem de fazer fumaça, que meu olhos estão ardendo.

378 - Preciosidades antigas de Várzea-Alegre - Por Antônio Morais.

Lembro-me deste gordinho exatamente como ele aparece nesta foto. Sou um pouco mais velho do que ele. O meu saudoso irmão Pedro Cajarana brincava com ele nos terreiros do Sanharol, andando em seus cavalos de pau nas cavalhadas mirins.

Tempos felizes e de saudades.

Hoje em dia, este moço, é uma das maiores autoridades da saúde do Estado do Ceara. Importante: continua simples, humilde e bom.

A comunidade  de Várzea-Alegre é uma eterna devedora da solidariedade, antes do pai e hoje do filho, Dr. Francisquinho Feitosa e  Dr. Feitosinha respectivamente.

Um forte abraço para os leitores e pru Gordinho.


40 advogados para ex-amante de Lula - Por José Newmanne Pinto.


A capa da revista IstoÉ, ora nas bancas, traz à tona revelações estarrecedoras sobre a rotina da ex-amante de Lula Rosemary Nóvoa Noronha, que não comparece à Justiça para atestar disponibilidade nem atende às intimações levadas por oficiais de Justiça, usando o estratagema de sair de casa antes do horário comercial e só voltar depois. 

A irmã dela, Sônia Maria Nóvoa, contou à revista que Lula mandou Paulo Okamoto contratar 40 advogados para defendê-la, uma inevitável lembrança aritmética do conto de Ali Babá e seus 40 ladrões. 

E os efeitos desse privilégio prosseguem até hoje, quando ela não tem dinheiro nem para pagar condomínio de seus imóveis, mas consegue se manter longe da vigilância da polícia e da justiça.

377 - Preciosidades antigas de Várzea-Alegre - Por Antônio Morais.

Foto do arquivo de Júlio Bitu.

Esta é a estrada que ligava o Sanharol a Várzea-Alegre. A cidade avançou em direção do antigo sitio e o transformou em bairro.

A foto foi colhida  do Sanharol e se vê a altura da primeira curva a casa de Raimundo de João do Sapo, logo em seguida a cidade, e, por último a Serra Negra.

Por esta estrada, o caminho da saudade, nós íamos e voltávamos do colégio sol ou chuva conduzindo as nossas esperanças, sonhos e ideais.

Com o progresso a encontramos asfaltada nos dias de hoje. O sitio, antes  calmo, ordeiro e prazeroso, foi engolido  por favelas ocupadas por desconhecidos e estranhos.

Veja se é possível não sentir saudades.


Ministro diz que ouvirá até radicais que torcem para governo dar errado - Por DIDA SAMPAIO/ESTADÃO CONTEÚDO



O ministro-chefe da Secretaria de Governo, Carlos Alberto dos Santos Cruz, tem fama de "bravo" e "duro na queda" -- devido ao seu histórico de combate nas forças da ONU. Fotos em que aparece com a feição séria foram até usadas em memes de internet que o retratam intimidando políticos supostamente afeitos à negociação de cargos e privilégios.

As brincadeiras virtuais podem ter um fundo de verdade. Em entrevista ao UOL na última quinta-feira (10), o ministro afirmou que uma de suas prioridades na pasta é combater a cultura de negociações com favores pessoais e privilégios e dar transparência às ações e informações do governo.

376 - Preciosidades antigas de Várzea-Alegre - Postagem do Antônio Morais.


Foto - Padre José Otávio de Andrade.

Historia de José Sobrinho.

José Freire da Silva Sobrinho, o conhecido José Sobrinho, morava na rua São Vicente, em Várzea-Alegre. Casado, pai de uma grande família, católico praticante e muito solidário. Não perdia um enterro. Comparecia a todos. Fazia parte da Irmandade do Sagrado Coração de Jesus, e da Conferencia de São Vicente, vivia praticamente para as atividades ligadas a igreja. Um dia, José Sobrinho ficou perturbado e resolveu consultar o padre quanto a algumas insinuações ou afirmativas feitas pelas pessoas que o abordavam na rua.

Padre, disse José Sobrinho, senhor sabe que eu acompanho tudo que é de enterro. No inicio eu ficava atrás do caixão, então começaram a dizer que eu estava andando atrás da morte. Passei a andar do lado do caixão, disseram que eu estava andando do lado da morte. Comecei a andar na frente do caixão, disseram que eu estava andando na frente da morte.

Eu queria saber o que isso tem de real, de verdadeiro. - O Padre Otávio olhou de cima pra baixo e disse: José Sobrinho, dê um jeitinho de nunca ficar dentro do caixão, que não lhe acontecerá nada de mal.


O Antagonista - Noticias.


Petistas temem possível substituto de Moro.

Os petistas temem que o juiz Friedmann Anderson Wendpap, da 1ª Vara Federal de Curitiba, se confirme como o substituto de Sérgio Moro.

“Wendpap é considerado por esses aliados como dono de perfil mais duro do que o de Moro. Escolhido, pode ter como primeira missão decretar as sentenças nos casos do sítio de Atibaia (SP) e do Instituto Lula.”


Ceará dará recompensa a quem denunciar ataques.

Os deputados estaduais do Ceará aprovaram ontem um pacote de projetos de lei para enfrentar a onda de violência no estado.

A principal proposta aprovada foi a chamada lei da Recompensa, que pagará em dinheiro quem denunciar autores de ataques ou fornecer informações que possam prevenir crimes.

Outra lei aprovada determina a criação do Fundo de Segurança Pública, que terá reserva para investir na prevenção de crimes e pagar beneficiados da lei da Recompensa.


Caixa dois no pacote de Moro

Sérgio Moro deve incluir a criminalização do caixa dois eleitoral no pacote de medidas que apresentará à Câmara no mês que vem.

A ideia é fazer com que a lei eleitoral seja a mais clara possível e que tenha uma pena maior para a prática de uso de dinheiro não declarado por candidatos.

Em outras palavras, Moro quer eliminar qualquer brecha na legislação para que, enfim, pessoas sejam condenadas por usar dinheiro por fora na campanha eleitoral.

EVOLUÇÃO É DESAFIO HUMANO - Por Edmilson Alves

A evolução antropológico-espiritual é fundamental para libertar a criatura das amarras inconscientes. Há registros anteriores ao nascimento da criatura que formam arquétipos. Esses registros poderão ser light ou traumáticos

Até vinte anos atrás, supunham-se que o pensamento não tinha nenhuma influência nos registros do inconsciente. 

As premissas até estão conhecidas foram baseados em pensamento estático, isto e, analisado em determinado momento humano, e, a partir daí foram feitas projeções da personalidade.

Há cerca de vinte anos, neurocientistas verificaram, após estudos profundos do inconsciente que, o pensamento é fluídico, mudando a sua estrutura a cada segundo. 

O pensamento é responsável pelas emoções, e, por conseguinte, o pensamento move o mundo.

Neurocientistas pesquisaram o habitat onde nasce o pensamento, e, verificaram que o autoconhecimento é a única forma de controlar a emoção. 

O caminho do autoconhecimento ocorre com um mergulho dentro do ser, conhecendo o Eu (espírito), que mantém conecção com a divindade. 

O mistério avatar é uma deidade em que a criatura transmuta suas energias, captando a luz, captando sabedoria pra conduzir com sensatez seus passos durante a caminhada. 

Em momentos de discernimento é quando se tem consciência dos problemas existências, sociais, e, chama a atenção que três quartos da humanidade padecem com estômagos e corações vazios de tudo!

Em pleno século vinte e um, a humanidade não modificou a sua estrutura de poder, e, os descontroles emocionais inibem o bom senso tornando-se o grande desafio para psicólogos e psiquiatras deste século!

sábado, 12 de janeiro de 2019

375 - Preciosidades antigas de Várzea-Alegre - Por Antônio Morais.

Da esquerda para direita - Dr. Dario Batista Moreno, Dr. Aírton Castelo Branco, Otacílio Correia, Dr. Lemos, o esposo da juíza a época, Hamilton Correia, governador Parcifal Barroso e o deputado Joaquim de Figueiredo Correia nosso ilustre conterrâneo.

História da eleição de 1958.

A história política de Várzea-Alegre é também muito bem humorada, tem passagens interessantes que devem ser lembradas aos mais jovens e a quem interessar possa. Peço permissão para falar um pouco do Dr. Dario Batista Moreno, homem honrado, de decência esmerada, de uma cultura admirável e exímio orador. Eleito prefeito nas eleições municipais de 1958 pelo PSD administrou com zelo e honestidade nossa cidade de 1959  até  se desligar do cargo para  assumir  o ministério publico, sendo  substituído pelo vice-prefeito José de Ginu.

Na primeira apuração do pleito sagrou-se vencedor José Gonçalves de Carvalho. Levantou-se suspeita de violação e adulteração de umas urnas dos distritos. Num reduto eminentemente "Pessedista" não poderia haver uma urna sem votos para o partido. Dizem que as referidas  urnas haviam sido conduzidas a sede do município pelos senhores José  Gatinha e Valdir de Dudu e, todos os sufrágios foram fraudados em favor do  candidato José Gonçalves de Carvalho.

A justiça anulou as urnas, e, corrigido o erro inverteu-se o resultado. Dr. Dario foi o grande vencedor. Como falei o Dr. Dario Moreno era um exímio orador e não gostava dos discursos de alguns vereadores cheios de "prumodes, nos entretanto e por assim dizer".

O Deputado Joaquim de Figueiredo Correia veio a Várzea-Alegre inaugurar uma escola que até hoje leva seu nome. Na véspera Dr. Dario foi a casa do vereador comunicar que a reunião era uma simples solenidade e que não precisava de nenhum discurso.

Quando a comitiva chegou ao local o vereador mandou o verbo dizendo: Excelentíssimo senhor prefeito de "Vágea-Alegre Daro Moreno”, ilustre deputado compadre Joaquim Figueiredo, eu não tenho palavras!

Dr. Dario afastou o microfone e disse:  amigo, palavra você tem. O que você não tem é vergonha!

Foi uma risada só do público presente..


Bolsonaro inaugura mandato de mudanças, diz Raquel Dodge - O Antagonista.



Raquel Dodge disse hoje que Jair Bolsonaro “inaugura um mandato de mudanças” e “renova a esperança” de uma vida melhor para os brasileiros, registra o Estadão.

A procuradora-geral da República e o presidente participaram agora à noite, em Brasília, da solenidade de posse de 16 novos procuradores da República, ao lado de Dias Toffoli e Rodrigo Maia.

Dentro da PGR, a presença de Bolsonaro na cerimônia foi vista como uma forma de criar pontes e buscar diálogo, relata o jornal paulistano.

Do lado da plateia, parte dos familiares dos novos procuradores aplaudiu o presidente de pé e gritou “mito”.

O PT no planeta vermelho - Por José Newmanne Pinto.



A pretexto de corrigir a “grosseria” cometida pelo governo brasileiro de “desconvidar” o ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, para a posse de Bolsonaro, a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, foi a Caracas prestigiar a posse do bolivariano em mais um mandato de seis anos. 

Na ocasião, ouviu impropérios do réprobo a respeito do “fascista” que nos governa. Por incrível que possa parecer, esse insulto, não ao chefe do governo, mas a 57 milhões e mais de 700 mil brasileiros que o sufragaram em eleição direta, limpa e democrática, soou como música sacra aos ouvidos da dirigente partidária, que não faz oposição, mas “resistência”. 

Ou seja, o PT e a parte da esquerda que o segue vivem em Marte.

VILLAS BÔAS VAI FICAR NO GOVERNO, LIGADO AO GSI - Por Claudio Humberto.



O general Eduardo Villas Bôas, que transmitiu o comando do Exercito Brasileiro nesta sexta-feira (11), aceitou o convite do presidente Jair Bolsonaro para permanecer num cargo da nova administração, como esta coluna adiantou com exclusividade ontem. 

O general, que assumiu o Exército em 2015, vai integrar um gabinete ligado ao GSI do general Augusto Heleno, que servirá como uma espécie de “Estado Maior”, um conselho da República de conselheiros do presidente da República.

De Cid Gomes para Renan: “Agora não é uma oportunidade boa para você ser presidente” - O Antagonista.

No ano passado, depois das eleições, Cid Gomes e Renan Calheiros, ambos eleitos, se encontraram no cafezinho do Senado e conversaram por alguns minutos.

“Foi conversa olho no olho. Ele começou dizendo que o Ciro [irmão de Cid] não gostava dele. Eu disse: ‘Olha, rapaz, não sei. O Ciro tem a opinião dele e eu tenho a minha. Mas não sou maniqueista. Não acho que você seja 100% mau, nem acho que exista alguém que seja 100% bom. As pessoas têm virtudes e defeitos’.”

Foi a deixa para Cid, que já pensava em formar um blocão para neutralizar o MDB, dizer o que realmente queria dizer:

“Daí disse para ele, francamente: ‘Acho que agora não é uma oportunidade boa para você ser presidente’.”

A conversa foi relatada pelo próprio Cid a O Antagonista.

“Ele tem virtudes na questão corporativa, entende? Escuto muitos dizendo assim: ‘Rapaz, Renan é amigo, é leal, é amigo dos amigos, defende os senadores, enfrenta o Ministério Público. Então, ele tem uma ampla maioria entre as pessoas que já têm convivência com ele”, comentou o senador eleito pelo PDT do Ceará, que, em seguida, fez ponderações.

“Mas ele divide as bancadas. E mais: para quem é novo [no Senado], o Renan encarna o protótipo do mal. Para quem está chegando agora, há uma pressão das pessoas que enxergam no Renan tudo o que é ruim na politica.”

O pedetista disse que seu grupo ainda não discutiu candidato à presidência do Senado

sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

374 - Preciosidades antigas de Várzea-Alegre - Por Antônio Morais.


José Alves Bitu, foto acima, era  um  homem  honrado, amigo, trabalhador e extremamente honesto e decente.  Possuía uma dose elevada de humor, ao tempo que também parecia ser muito sério, quase sisudo até, para aqueles que  não conheciam sua intimidade.  Como dizem os nordestinos : "Madeira de lei, puro jacarandá da Bahia".

Um dia "Maria Caetana" uma desajustada, quase desajuizada para aqueles tempos se achegou de sua mercearia, comprou três cigarros da marca  BB, pagou e antes de sair disse : Eu só tenho três defeitos, eu fumo, eu bebo e eu jogo.

José Bitu respondeu no repente :  "três defeitos grandes para uma moça".


“Moro vai comer o pão que o diabo amassou” - O Antagonista.


O velho Renan Calheiros, lulista, e o novo Renan Calheiros, bolsonarista, têm uma característica em comum: a aversão à Lava Jato.

Fernando Gabeira, de fato, aposta que os dois senadores alagoanos – o velho e o novo – vão se unir para sabotar o pacote de Sergio Moro:


“Se a aliança nas teses econômicas é fácil, em outro campo eles vão fazer corpo mole: as medidas contra a corrupção. Renan é a esperança que resta a alguns adversários da Lava Jato. Em vários momentos já demonstrou sua oposição a Sergio Moro.

Aí está o problema para Bolsonaro. Se, de um lado, será mais rápido aprovar medidas econômicas que não são assim tão populares, de outro, Moro vai comer o pão que o diabo amassou para aprovar sua agenda, que é muito mais popular.

A vitória de Renan e a relativa indiferença de Maia na defesa da Lava Jato podem levar, entre dezenas de pequenas barganhas, à grande e decisiva batalha em torno da corrupção.

Até que ponto isso foi apenas um tema de campanha? Até que ponto a corrupção é algo condenável apenas nos partidos de esquerda, ou é algo muito mais amplo e envolvente na História moderna do Brasil?”

“Diz-me com quem andas e dir-te-ei quem és” – por Marcelo Gomes Jorge Feres (*)


    A ida da presidente do PT, Gleisi Hoffmann, a Caracas para prestigiar mais uma posse de Nicolás Maduro, na presidência da Venezuela,  deixa clara para o mundo a real face desse partido, pois muitos ainda parecem acreditar que o ex-presidente Lula teria de fato sido “vítima” de um golpe político perpetrado pela “direita fascista” do Brasil.

   Gleisi, aliás, é bastante sincera ao mostrar que o PT é decididamente fiel à sua ideologia e a seus dogmas, a seus propósitos e seus fins, ou seja, não importam os meios empregados contanto que os fins sejam sempre os do total controle do Estado sobre a Nação.

(*) Marcelo Gomes Jorge Feres
E-mail: marcelo.gomes.jorge.feres@gmail.com

COMENTÁRIOS
ABEL PIRES RODRIGUES escreveu: Todo o mundo sabe bem o que acontece na Venezuela sob o domínio do ditador – pode-se chamar assim sem nenhum receio ou injustiça – Nicolás Maduro. Todavia não surpreende que a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, tenha ido a Caracas representando o seu partido – e certamente o ex-presidente Lula da Silva, que, se livre da cadeia estivesse, também lá estaria presente. Afinal, os governos petistas sempre apoiaram – até mesmo com fartos recursos tirados dos impostos do povo brasileiro e sacados do nosso BNDES a fundo perdido – os governos antidemocráticos de Hugo Chávez e Nicolás Maduro. Boa viagem à sra. Gleisi e meus votos de que decida permanecer por lá.

373 - Preciosidades antigas de Várzea-Alegre - Por Antônio Morais.


“E comigo e contigo também”.

Chichica do Rato.

História.

Quem não lembra. A missa das cinco horas, Chichica chegava à igreja, desfilando pela antiga rua Major Joaquim Alves,  toda pronta, maquiada, perfumada, cheia de anéis, brincos e pulseiras.

Postava-se perfilada diante do altar e quando o Padre  começava a rezar a missa ela estava atenta, de olhos bem abugalhados.

O padre dizia: O senhor esteja convosco, ela soltava a todo pulmão: "E comigo e contigo também". Pois é, ninguém ficava de fora.

 O Senhor estava com todos.


O que foi feito nos 10 primeiros dias do governo Jair Bolsonaro.



01 - Iniciado os estudos para o fim da “Bolsa Reclusão”, aquela que dá dinheiro a presidiário no cumprimento da pena.

02 - Proibição de patrocínios a clubes de futebol por parte de empresas estatais.

03 - As verbas publicitárias do Governo serão proporcionais e divididas entre todos os meios de comunicação, sem preferência por algum como vinha sendo feito há mais de 40 anos.

04 - Brasil não apoiará mais regimes ditatoriais como os de Cuba, Venezuela e Nicarágua.

05 - As reformas intermináveis da BR-116 serão feitas agora pelo Exército brasileiro.

06 - Em tempo recorde o Ministério da Justiça atendeu ao pedido do governador Camilo Santana (PT) para repor a ordem pública no Ceará.

07 - O governo brasileiro informou à ONU em Nova Iorque e em Genebra que o Brasil está deixando o Pacto Mundial de Migração, assinado em dezembro por Michel Temer, e não receberá imigrantes de forma indiscriminada.

08 - Concluída a auditoria no “Bolsa Família”, constatando que foram pagos 1 bilhão e 300 milhões de reais indevidos a quem não se enquadrava neste programa.

09 - Anunciado os estudos para extinguir 7 impostos que vêm sendo pagos pela população.

10 - com medo da auditoria e suas consequências, 520 mil e 148 pessoas pediram o desligamento voluntário do Bolsa Família que recebiam indevidamente.

11 - Anunciado o fim de patrocínios oficiais para ONGs e organizações sindicais.

12 - Divulgado o decreto que vai flexibilizar regras para posse de armas com validade de 10 anos para moradores de “cidades violentas”, que têm mais de 10 homicídios por 100 mil habitantes, de residentes nas áreas rurais e para servidores públicos que exercem funções com poder de polícia, além de proprietários de estabelecimentos comerciais.