Páginas


"Ultrapassa-te a ti mesmo a cada dia, a cada instante. Não por vaidade, mas para corresponderes à obrigação sagrada de contribuir sempre mais e sempre melhor, para a construção do Mundo. Mais importante que escutar as palavras é adivinhar as angústias, sondar o mistério, escutar o silêncio. Feliz de quem entende que é preciso mudar muito para ser sempre o mesmo".

Dom Helder Câmara


quarta-feira, 5 de julho de 2017

Os 3 desejos de Alexandre, O GRANDE - Postagem de Antonio Morais.


Por isso que ele era chamado de 'O GRANDE'. Os 3 últimos desejos de ALEXANDRE, O GRANDE:

1 - Que seu caixão fosse transportado pelas mãos dos médicos da época.
2 - Que fosse espalhado no caminho até seu túmulo os seus tesouros conquistado como prata , ouro, e pedras preciosas .
3 - Que suas duas mãos fossem deixadas balançando no ar, fora do caixão, à vista de todos.

Um dos seus generais, admirado com esses desejos insólitos, perguntou a Alexandre quais as razões desses pedidos e ele explicou:

1 - Quero que os mais iminentes médicos carreguem meu caixão para mostrar que eles não têm poder de cura perante a morte.
2 - Quero que o chão seja coberto pelos meus tesouros para que as pessoas possam ver que os bens materiais aqui conquistados, aqui permanecem.
3 - Quero que minhas mãos balancem ao vento para que as pessoas possam ver que de mãos vazias viemos e de mãos vazias partimos.

Pense nisso....

3 comentários:

  1. Poucos Sabem ver a vida com esta sabedoria. Poucos pensam assim.

    ResponderExcluir
  2. É...

    Tai um tema para meditação séria.

    Parabens ao José Eudes mamédio pelo texto.

    Abraços do

    Vicente Almeida

    ResponderExcluir
  3. Temos aí uma sábia lição,dessas que são vividas e que não passam.A humanidade de hoje deveria ver isso.

    ResponderExcluir