Páginas


"Ultrapassa-te a ti mesmo a cada dia, a cada instante. Não por vaidade, mas para corresponderes à obrigação sagrada de contribuir sempre mais e sempre melhor, para a construção do Mundo. Mais importante que escutar as palavras é adivinhar as angústias, sondar o mistério, escutar o silêncio. Feliz de quem entende que é preciso mudar muito para ser sempre o mesmo".

Dom Helder Câmara


quarta-feira, 13 de julho de 2016

Pedro Gançalves de Morais - Primeiro Escritor de Várzea-Alegre,

Nosso historiógrafo Pedro Tenente. Era homem inteligente, pesquisador dos nossos feitos, conhecedor de nossa estória e historia.

Quando, em Várzea-Alegre, se quisesse saber de qualquer coisa relacionada com nossa gente, a solução seria única. Perguntar ao Pedro Tenente. Das famílias mais tradicionais da terra, gozava da estima de todos pelo seu espírito jovial, sua prestimosidade.

Andei consultando para esta monografia uns escritos seus: Rápidos traços sobre fatos e coisas, publicação de Ramos e Pouchain, ano de 1935. Confesso, com profunda honestidade, minha inata aversão a contar estórias ou historias, até boatos.

Mas não me apetece, mesmo: não faz e nunca fez meu gênero! Procuro dar uma contribuição singela, lembrando o que se passou, nesses idos e vividos tempos, na nossa Várzea-Alegre. Debasto o mato, faço a picada, quem vier e quiser macadamize a estrada.

Nada teria feito, não fosse a preciosa ajuda do meu amigo Acelino, para quem, endereço os apupos e aplausos que surjam: disse-o, desde as primeiras linhas. Ele, sim, como Pedro Tenente e Pedro Piau, gosta do angu e lhe conhece os meandros e segredos.

O exaustivo trabalho que tenho tido, as despesas que advirão, as chatices do brinquedo, coisa que poucos consideram, me ensinaram que, outra desta, nem pagando promessa.


Um comentário:

  1. Todo conhecimento que dispomos de nossa genealogia, tem origem no trabalho de Leonardo Feitosa, Tio Nado, depois o Pedro Tenente deu sequencia com um trabalho mais completo. A estrada mesmo foi construida por Pedro Piau e Acelino Leandro com a publicação de um livro que merece nosso louvor pelo significado e importancia que tem para todos nós.
    Saudenos Tio Nado Feitosa, Pedro Tenente, Pedro Piau e Acelino Leandro, os nossos herois.

    ResponderExcluir