Páginas


"Ultrapassa-te a ti mesmo a cada dia, a cada instante. Não por vaidade, mas para corresponderes à obrigação sagrada de contribuir sempre mais e sempre melhor, para a construção do Mundo. Mais importante que escutar as palavras é adivinhar as angústias, sondar o mistério, escutar o silêncio. Feliz de quem entende que é preciso mudar muito para ser sempre o mesmo".

Dom Helder Câmara


segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Mário Covas - Por Antônio Morais.


Dos grandes políticos da república brasileira o Mário Covas é sem duvida mais probo, honrado e ilibado.  Prefeito de São Paulo, Deputado Federal constituinte e senador da  republica. Governador de São Paulo de 01/01/1995 a 22/01/2001 quando se licenciou por motivos de saúde.

Faleceu em 06/03/2001. Deixou um legado politico que até hoje não conseguiram destruir. 15 anos depois de sua morte o seu partido se mantem no puder em São Paulo.

Um dia, eu vi e ouvir Mário Covas dizer : Duas coisas não se entendem, "politica e amadorismo". As decisões de hoje devem ter um olhar todo especial para futuro. Nada mais correto. 

Se não vejamos.

O Leão que hoje ruge, cospe no prato que comeu, ergue os braços, arrota grandeza, pode ser amanhã um gatinho capado e manso que humildemente se apresentará diante de vereadores e autoridades quando os tribunais de contas publicas estiverem a julgar sua administração. 

Certa feita, um grande líder de minha terra me disse : estou em duvidas, não sei se me candidato a deputado estadual ou federal. Respondi-lhe : alguém já lhe disse  que sua administração tem mais erros do que acertos?  Ficou em silêncio.

O tempo se encarregou de responder.

Um comentário: