Páginas


"Ultrapassa-te a ti mesmo a cada dia, a cada instante. Não por vaidade, mas para corresponderes à obrigação sagrada de contribuir sempre mais e sempre melhor, para a construção do Mundo. Mais importante que escutar as palavras é adivinhar as angústias, sondar o mistério, escutar o silêncio. Feliz de quem entende que é preciso mudar muito para ser sempre o mesmo".

Dom Helder Câmara


domingo, 5 de fevereiro de 2017

016 - O Crato de antigamente - Por Antônio Morais.


José Jucá Landim - "In Memória".

Havia muito tempo não encontrava o amigo e poeta José Landim. Desta feita o encontro foi na gloriosa Praça Siqueira Campos - Crato.

Depois do abraço perguntei: Como vai o amigo?
Ele me respondeu solícito :

Devagar vou prosseguindo,
As mulheres de mim rindo,
E cobertas de razão,
Nem o Satanás aguenta,
Velho depois de setenta,
Sem dinheiro e sem tesão.

Um comentário:

  1. Quanto mais modelam e reformam a Praça Siqueira Campos mais ela perde o encanto e aconchego. Impensável imaginar está praça vazia de pessoas noutras épocas.

    ResponderExcluir