Páginas


"Ultrapassa-te a ti mesmo a cada dia, a cada instante. Não por vaidade, mas para corresponderes à obrigação sagrada de contribuir sempre mais e sempre melhor, para a construção do Mundo. Mais importante que escutar as palavras é adivinhar as angústias, sondar o mistério, escutar o silêncio. Feliz de quem entende que é preciso mudar muito para ser sempre o mesmo".

Dom Helder Câmara


sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Mensagem do escritor Antônio Gonçalo de Souza.


Escritor Antônio Gonçalo de Souza.

Todos nós agradecemos a sua participação no livro. Eu, particularmente reitero minha gratidão, também, pelo fato de ter tido a oportunidade de  postar comentários meus nesse blog, muito bem conduzido por você. 

No livro, comento que foi a partir dessas postagens que passei a me interessar mais pela escrita o, que me impulsionou à tarefa de retratar traços das trajetórias de meu avô paterno, meu pai e amigos, que por muitos anos desenvolveram a atividade de tropeiros nos sertões do Cariri. 

Fico grato pelos seus comentários recentes elogiando a minha iniciativa literária, que teve a colaboração importante do meu irmão José Gonçalo Araripe. Dedico a humilde obra a todos os varzealegrenses e, em especial, aos amigos do Sítio Sanharol, onde aprendemos a conviver e guardar as coisas e histórias do povo.

Desculpo-me por ter passado algum tempo sem enviar matérias para o seu blog, mas imputo tal fato à dedicação que tive que dar às escritas, preparação e, agora, divulgação do livro TROPEIRISMO NOSSO. Prometo que em breve estarei envidando esforços para retomar as postagens.

Muito grato.

Um comentário:

  1. Parabéns amigo - Você realiza com esmero uma obra literária definida assim :

    LIVRO.

    Aberto, é um cérebro que fala;
    Fechado um amigo que espera:
    Esquecido, uma alma que perdoa;
    Destruido, um coração que chora!

    ResponderExcluir