Páginas


"Ultrapassa-te a ti mesmo a cada dia, a cada instante. Não por vaidade, mas para corresponderes à obrigação sagrada de contribuir sempre mais e sempre melhor, para a construção do Mundo. Mais importante que escutar as palavras é adivinhar as angústias, sondar o mistério, escutar o silêncio. Feliz de quem entende que é preciso mudar muito para ser sempre o mesmo".

Dom Helder Câmara


domingo, 19 de junho de 2016

Dá para comparar o Império do Brasil com a atual República? -- por Armando Lopes Rafael


O Brasil hoje tem, provavelmente, o maior número de analfabetos políticos do mundo. Bertold Brecht escreveu: “O pior analfabeto é o analfabeto político”. Em plena Praça Siqueira Campos, centro de Crato, encontro um lulopetista que, de forma até suave para os padrões da raça, me diz:
 –Você se esforça muito, mas nunca vai me convencer de que a Monarquia era superior à República de hoje.
Respondi que não tento convencer ninguém. Limito-me apenas a apresentar dados verdadeiros, aceitos por pessoas honestas e coerentes, e fico aguardando as contestações. Estas, pelo menos até agora, nunca apareceram. Em face disso publico novos dados, esperando que alguém prove que a caótica república dos dias atuais tem algo de superior ao Brasil Real, ao Brasil verdadeiro...

Rápida Cronologia: 

NO ANO 1880:
–– O Brasil era a 4º Economia do Mundo e o 9º Maior Império da História;
–– Existiam no Brasil Império apenas 14 Impostos. Em 2016 são cobrados 92 impostos e a República está literalmente quebrada;
–– A Moeda Brasileira (o Real monárquico) tinha o mesmo valor do Dólar e da Libra Esterlina;
–– O Brasil tinha a Segunda Maior e Melhor Marinha do Mundo. Perdendo apenas para Inglaterra;
––O Brasil foi o maior construtor de estradas de Ferro do Mundo, com mais de 26 mil Km.
 ENTRE 1860 E 1889:
–– A Média do Crescimento Econômico do Brasil era de 8,81% ao Ano;
–– O Brasil foi o primeiro país da América Latina e o segundo no Mundo a ter ensino especial para deficientes auditivos e deficientes visuais.
ENTRE 1850 E 1889:
 – A Média da Inflação era de 1,08% ao Ano;

Outras Curiosidades:
Se formos comparar o Imperador Pedro II com os dois últimos presidentes da República (Lula e Dilma) aí a coisa fica mais feia ainda:
––O Imperador Dom Pedro II pegava empréstimos no Banco do Brasil para pagar suas viagens.
–– Em 1887, Pedro II recebeu os diplomas honorários de Botânica e Astronomia pela Universidade de Cambridge (Inglaterra).
–– Na época do golpe militar de 1889, D. Pedro II tinha 90% de aprovação da população brasileira. Por isso o golpe não teve participação popular e os golpistas tiveram de expulsar a Família Imperial nas caladas da noite com medo da revolta do povo.
–– A família imperial não tinha escravos. Todos os negros eram alforriados e assalariados, em todos imóveis da família.
–– D. Pedro II doava 50% de sua dotação anual para instituições de caridade e incentivos para educação com ênfase nas ciências e artes.
–– o Imperador Pedro II fez um empréstimo pessoal num banco europeu para comprar a fazenda que abrange hoje o Parque Nacional da Tijuca, na cidade do Rio de Janeiro. Mas não adquiriu a fazenda para seu lazer.  Em uma época que ninguém pensava em ecologia ou desmatamento, Pedro II mandou reflorestar toda a grande fazenda de café com mata atlântica nativa e esta é considerada hoje a maior floresta urbana do mundo.
–– Thomas Edison, Pasteur e Graham Bell escreveram artigos e trabalhos elogiando o Imperador do Brasil, Pedro II.
(Armando Lopes Rafael)

Um comentário:

  1. É difícil comparar a monarquia com a republica do Brasil ou qualquer outra do mundo. Como já falei outras vezes, o monarca governa para deixar um legado de excelencias para seus filhos, e, quer deixar sempre o melhor. Enquanto na republica o presidente deixando os filhos ricos, nada importa que para a população deixe para os filhos um cartão do bolsa familia como herança.

    ResponderExcluir