Páginas


"Ultrapassa-te a ti mesmo a cada dia, a cada instante. Não por vaidade, mas para corresponderes à obrigação sagrada de contribuir sempre mais e sempre melhor, para a construção do Mundo. Mais importante que escutar as palavras é adivinhar as angústias, sondar o mistério, escutar o silêncio. Feliz de quem entende que é preciso mudar muito para ser sempre o mesmo".

Dom Helder Câmara


segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

011 - O Crato de antigamente - Por Antônio Morais.


Foto da Avenida Duque de Caxias, Crato, no seu final, desembocando na Senador Pompeu onde Chico Soares  morou  por muitos anos.

Chico Soares tinha um filho de nome Chico Pão. Auditor fiscal da Secretaria  Estadual da Fazenda. Destacava-se muito bem no futebol do Crato. Certo dia vinha dirigindo seu jeep quando percebeu o pai atravessando a rua, calmamente. 

Resolveu, então, brincar com ele. Ao passar perto, gritou: 

Sai do meio da rua, “seu” corno velho! 

Chico, sem nem olhar para o motorista, respondeu, a todo pulmão: 

Corno é teu pai, “seu fela” da puta! 

Um comentário: