Páginas


"Ultrapassa-te a ti mesmo a cada dia, a cada instante. Não por vaidade, mas para corresponderes à obrigação sagrada de contribuir sempre mais e sempre melhor, para a construção do Mundo. Mais importante que escutar as palavras é adivinhar as angústias, sondar o mistério, escutar o silêncio. Feliz de quem entende que é preciso mudar muito para ser sempre o mesmo".

Dom Helder Câmara


segunda-feira, 23 de abril de 2018

054 - O Crato de Antigamente - Por Antônio Morais.

José Raimundo de Brito,  foto ao lado. Homem probo,  honrado,  decente, amigo, pau para toda obra, verdadeiro madeira de lei, puro jacarandá da Bahia.

Bem sucedido em vários segmentos da sociedade,  foi delegado civil  da cidade de Crato,  industrial  no fabrico de  doces,  e por último como "lazer" desenvolveu a atividade de  pecuarista criando gado leiteiro  no seu aprazível sitio Quebra distante poucos  quilômetros da cidade do Crato.

Certa feita ele comprou 10 sacos de resíduo  na Usina Maria Amélia  na cidade de Juazeiro do Norte, para alimentar  o gado.

Meio de transporte utilizado um fusco. Sendo  necessário  realizar  5 viagens para  fazê-lo.  Dois sacos por cada  viagem perfazendo um total de cinco viagens.

Estre Crato e Juazeiro  havia um posto da Policia Rodoviária Estadual e   nas 10 passagens de ida e volta, na  mesma manhã, o mesmo  policial exigiu a apresentação  dos  documentos dele e do carro.

Na décima vez,  quando  José Raimundo foi abordado, desceu do carro,  olhou para o policial e falou entregando os documentos :  Fique com essa merda, guarde com você, se um dia  eu precisar  lhe procurar.

Homem  inteligente e prático, não chegava a ser o Lunga, mas  não admitia  perguntas e procedimentos idiotas.

Eu gostava muito de conversar com ele. Era um mestre  da vida, um bom conselheiro. Zé Raimundo como era conhecido  tinha uma ninhada de filhos todos  iguais a ele : Ótimos cidadãos e cidadãs.

Um comentário:

  1. Bom pai, bom conselheiro, amigo da família, honrado, digno e justo. Admirado pelos conterrâneos.

    ResponderExcluir