Páginas


"Ultrapassa-te a ti mesmo a cada dia, a cada instante. Não por vaidade, mas para corresponderes à obrigação sagrada de contribuir sempre mais e sempre melhor, para a construção do Mundo. Mais importante que escutar as palavras é adivinhar as angústias, sondar o mistério, escutar o silêncio. Feliz de quem entende que é preciso mudar muito para ser sempre o mesmo".

Dom Helder Câmara


sábado, 29 de abril de 2017

052 - O Crato de Antigamente - Por Antônio Morais.


Conheci Tetê como ourives ou como razoável jogador de futebol, goleiro. Tempos depois encontrei o atleta nas ruas de Juazeiro, mendigo e desmemoriado. O seu cérebro tinha sido carcomido pelo efeito da maconha.

Certa vez, quando ele ainda tinha razão, foi preso e conduzido a delegacia. O delegado especial, Coronel Romeu Praciano, na tentativa de descobrir o fornecedor da droga, perguntou : 

Tetê, de quem você comprou essa maconha?

E ele todo ajuizado:

Seu delegado, eu ganhei numa rifa.

Um comentário: