Páginas


"Ultrapassa-te a ti mesmo a cada dia, a cada instante. Não por vaidade, mas para corresponderes à obrigação sagrada de contribuir sempre mais e sempre melhor, para a construção do Mundo. Mais importante que escutar as palavras é adivinhar as angústias, sondar o mistério, escutar o silêncio. Feliz de quem entende que é preciso mudar muito para ser sempre o mesmo".

Dom Helder Câmara


quinta-feira, 30 de junho de 2016

Dois tempos - Por Antônio Morais.


Da direita para esquerda: Ex-Governador Adauto Bezerra, Zezinho Costa, Deputado Nilo Sérgio, Governador Virgílio Távora, Deputado Ossian Araripe, Prefeito Pedro Sátiro,  empresario Joaquim Diniz.


Da esquerda para direita Governador Tasso Jereissati, deputado Otacílio Correia e Dr. Pedro Sátiro.

Em 1986 o meu amigo Nilo Sérgio Viana Bezerra se elegeu  Deputado Estadual e, Otacílio Correia não conseguiu. Mesmo sem mandato Otacílio estava sempre presente no plenário da assembleia, brincava com um, com outro e era mais querido e respeitado do que muitos parlamentares. Nilo Sérgio era líder do PDS, fazia uma oposição severa ao então governador Tasso Jereissati que era amigo de Otacílio.

Um belo dia, o deputado Nilo Sérgio subiu a tribuna e começou um discurso acalorado. Dizia: Governo insensível, desumano, virou as costas para o sertão, o povo de minha terra está morrendo de sede e fome  e, ele  não tem nenhuma sensibilidade com o sofrimento.

Otacílio  sentado nas primeiras cadeiras prestava uma atenção danada no que o deputado Nilo falava. Um caboclo chegou com um copo d'água e colocou  do lado, Nilo Sérgio caiu na besteira de  fazer uma pausa e  beber uma golada d'água. Otacílio aproveitou o silencio e gritou a todo pulmão: Isso é que é um deputado mentiroso, a maior safra de arroz da historia de Várzea-Alegre foi a desse ano.

O plenário caiu na risada inclusive o Deputado Nilo Sérgio. Eles eram grandes amigos e, na ausência do  Otacílio a amizade se transferiu para os filhos e netos.

Um comentário:

  1. Em dois tempos votei nos dois. Primeiro no Otacilio, depois no Nilo Sergio.

    Dois grandes representantes de minha terra.

    ResponderExcluir