Páginas


"Ultrapassa-te a ti mesmo a cada dia, a cada instante. Não por vaidade, mas para corresponderes à obrigação sagrada de contribuir sempre mais e sempre melhor, para a construção do Mundo. Mais importante que escutar as palavras é adivinhar as angústias, sondar o mistério, escutar o silêncio. Feliz de quem entende que é preciso mudar muito para ser sempre o mesmo".

Dom Helder Câmara


domingo, 3 de junho de 2018

099 - Preciosidades antigas de Várzea-Alegre - Por Antônio Morais.


Foto - Antônio Alves Costa.

Outro dia, um comentarista disse que sou debochado, libertino. imoral. Pois bem, segundo Padre Vieira imoral são as estruturas econômicas, sociais, os bacanais que os políticos fazem patrocinados por governos sebosos e imundos, imoral é uma mãe bater na boca do filho porque ele falou em partes do corpo e depois, levá-lo para a piscina ou a praia para ele ver com os olhos o que não pode falar com a boca.

Quando li que Camila Parker Bowles, a esposa do príncipe Charles exigiu 320 milhões de euros para aceitar o divorcio fiquei abismado e me lembrei de uma proeza de Várzea-Alegre.

Um casal resolveu se separar. Desenformado procurou consultar-se com Antônio Alves Costa, delegado da cidade. Sabendo que ali não era o foro adequado o delegado perguntou para o homem : Chico, você possui algum bem? Não, nenhum. Olhando para a mulher repetiu a pergunta : Hortência, a senhora possui algum bem? Também não tenho nada, respondeu solícita.

A sentença do delegado saiu em versos e no ato:

Uma questão tola, sinto!
Eu mesmo faço o desquite.
Chico fica com o pinto,
E Hortência com o sibito.

Um comentário:

  1. A solução do delegado foi justa. O casal saiu feliz. Não houve encrenca, nem prejuízo de parte alguma.

    ResponderExcluir