Páginas


"Ultrapassa-te a ti mesmo a cada dia, a cada instante. Não por vaidade, mas para corresponderes à obrigação sagrada de contribuir sempre mais e sempre melhor, para a construção do Mundo. Mais importante que escutar as palavras é adivinhar as angústias, sondar o mistério, escutar o silêncio. Feliz de quem entende que é preciso mudar muito para ser sempre o mesmo".

Dom Helder Câmara


quarta-feira, 12 de novembro de 2014

A vingança do Tenente Antonio - Parte I


Dizendo chamar-se legitimamente Antonio Manuel Filho, o tenente Antonio de Amelia, famoso por haver vingado a morte de um socio, matando tres cabras de Lampião, recebeu o reporter na sua Fazenda Piau, a 5 quilometros da cidade de Ouricuri. Naquela visita fizemo-nos acompanhar do Dr. Edilton Luna, Promotor de Justiça de Bodocó e do jornalista Francisco Rocha, correspondente de Região no estado de Pernambuco.

A historia do tenente Antonio é longa e cheia de lances perigosos. Nascido em Alagoas, na cidade de Mata Grande, pertenceu a Policia pernambucana, na epoca de Lampião. Hoje é tranquilo fazendeiro em Ouricuri, somente molestado pela insistente curiosidade de algum reporter da revista Região, pois fomos os unicos, até agora, a localizar, no seu retiro, o valente oficial reformado da Policia pernambucana, muitos anos depois de sua arriscada aventura.

Trajando calça escura e camisa branca, oculos de grau a ponta do nariz, foi assim que encontramos Antonio de Amelia no alpendre da Casa Grande da Fazenda Piau. Inicialmente meio arredio, mas logo se derramou em cordialidade e falou com toda franqueza contando sua historia, suas proesas, suas aventuras, finalmente o desfecho com a morte de tres elementos do grupo de Lampião. Foi bate-papo longo, aqui e acolá entremeado de risos do nosso entrevistado, quando recordava um episodio comico ocorrido em meio a mais terrivel expectativa, nas horas de maior perigo.


Andanças e Lembranças.

Continua.

2 comentários:

  1. A historia da vingança do tenente Antonio será contanda em 5 postagens. Para compreender é necessario que se acompanhe com atenção todos elas. Trata-se de um episodio da histopria do Cangaço.

    ResponderExcluir
  2. Sou bisneta do Tenente Antonio de Amélia, tenho muito orgulho da sua valentia, por fim um grande homem.
    Anne Racquelyne

    ResponderExcluir