Páginas


"Ultrapassa-te a ti mesmo a cada dia, a cada instante. Não por vaidade, mas para corresponderes à obrigação sagrada de contribuir sempre mais e sempre melhor, para a construção do Mundo. Mais importante que escutar as palavras é adivinhar as angústias, sondar o mistério, escutar o silêncio. Feliz de quem entende que é preciso mudar muito para ser sempre o mesmo".

Dom Helder Câmara


segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

004 - Preciosidades antigas de Várzea-Alegre - Por Antônio Morais.

"In memória de Luiz  Preto".

O riso e a alegria venceram o pucha-saquismo e a bajulação. 

Há poucos dias escrevi sobre a arrogância e orgulho do Mussuline e Hitler e, a humildade de Francisco de Assis.

"Engula seu orgulho, a humildade triunfa". Escrevi.

Para defender a minha verdade começo por respeitar a verdade alheia.

Foi prazeroso assistir o Globo Repórter daquele ano. Vi minha terra na sua mais pura originalidade. Alegria e felicidade de mãos dadas.

O programa não permitiu a influência da bajulação local, pois se assim fosse teria mostrado interesses mesquinhos, pessoais, bem ao estilo do egoismo exclusivista que conhecemos e condenamos. 

O fato de não permitir a escolha do que apresentar, contribuiu grandemente para que se oportunizasse a mostragem do que de melhor, mais puro e sublime existe em Várzea-Alegre.

Pois se assim não fosse não teríamos levado ao mundo o riso e a alegria do nosso povo feliz e bem humorado.

Salve Várzea-Alegre.

Um comentário:

  1. Se dependesse da bajulação e pouca vergonha da época o deputado Guimarães seria o convidado de honra para dar entrevista e falar em nome do povo.

    ResponderExcluir