Páginas


"Ultrapassa-te a ti mesmo a cada dia, a cada instante. Não por vaidade, mas para corresponderes à obrigação sagrada de contribuir sempre mais e sempre melhor, para a construção do Mundo. Mais importante que escutar as palavras é adivinhar as angústias, sondar o mistério, escutar o silêncio. Feliz de quem entende que é preciso mudar muito para ser sempre o mesmo".

Dom Helder Câmara


terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Historias de varzealegrenses - Por Antônio Morais


Foto - Padre José Otávio de Andrade.

Historia de José Sobrinho.

Considerado o vigário de todos os tempos, Padre Otávio foi um grande bem feitor de nossa terra. Uma de suas principais virtudes foi nunca se envolver com a politica, não permitindo que a Igreja fosse usada indevidamente, em proveito de tendências, partidos ou lideranças. Nunca se colocou a serviço desses ou daqueles, em tempo algum.

José Freire da Silva Sobrinho, o conhecido José Sobrinho, morava na rua São Vicente, em Várzea-Alegre. Casado, pai de uma grande família, católico praticante e muito solidário. Não perdia um enterro. Comparecia a todos. Fazia parte da Irmandade do Sagrado Coração de Jesus, e da Conferencia de São Vicente, vivia praticamente para as atividades ligadas a igreja. Um dia, José Sobrinho ficou perturbado e resolveu consultar o padre quanto a algumas insinuações ou afirmativas feitas pelas pessoas que o abordavam na rua.

Padre, disse José Sobrinho: como o Senhor sabe eu acompanho tudo que é de enterro. No inicio eu ficava atraz do caixão, então começaram a dizer que eu estava andando atraz da morte. Passei a andar do lado do caixão, disseram que eu estava andando do lado da morte. Comecei a andar na frente do caixão, disseram que eu estava andando na frente da morte. Eu queria saber o que isso tem de real, de verdadeiro. - O Padre Otávio olhou de cima pra baixo e disse: José Sobrinho, dê um jeitinho de nunca ficar dentro do caixão, que não lhe acontecerá nada de anormal.


4 comentários:

  1. Padre Otavio de Andrade nasceu na Fazenda Umbuzeiro, municipio de Aiuaba. Casou duas vezes, ordenou o filho homem, Padre Jose Wilson, teve mais duas filhas Andradina que faleceu solteira e Messina casada com Luiz Proto de Morais que deixou numerasa familia em Varzea-Alegre. A grande maioria dos varzealegrenses foi casada ou batisada pelo padre Otavio, um dos vigarios que mais tempo permaneceu na administração de nossa igreja. Um grande benfeitor de nossa terra.

    ResponderExcluir
  2. MAIS QUE SABIA A RESPOSTA DO PADRE.. SE ELE DAR UN JEITINHO DE NÃO IR DENTRO.. ESTARIA SE LIVRANDO DELA. MUITO BOA MESMO

    ResponderExcluir
  3. Resposta melhor não poderia ser. Andar de qualquer lado, pode ir, dentro? Só MORTO!!!!!!!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Padre Otavio era realmente uma figura emblemática, o fato de ele ser um padre que já fora casado tarnava o mistério ainda maior. E pade pode casar? Perguntavam os incrédulos das coisas do catolicismo. Também fui batizado por padre Otavio e minha maior impressão sobre ele foi o fato de ele sempre depois das missas sair fora da Igreja e dar umas pitadinhas. I pade fuma! ficava pensando...

    ResponderExcluir